Categorias
Paris Style Week

Estilistas que você deve conhecer: 10 motivos para fazer o curso

O curso on-line “10 estilistas que você deve conhecer” é um verdadeiro presente para quem já ama moda ou tem interesse em aprender sobre o assunto. Por meio do legado de designers renomados da alta-costura, ensino sobre 100 anos de história fashion. São eles: Coco Chanel, Elsa Schiaparelli, Christian Dior, Yves Saint Laurent, Hubert de Givenchy, Pierre Cardin, Karl Lagerfeld, Azzedine Alaïa, Thierry Mugler e Jean Paul Gaultier. Neste post, apresento 10 motivos para você saber por que deve fazer as aulas. Não deixe de conferir!

Giphy1. O curso “10 Estilistas que você deve conhecer” transformará a sua visão sobre a história da moda

Você sabia que aprender sobre história não precisa ser uma atividade cansativa? Pode ser prazerosa e divertida. No caso da moda, é importante olhar para o passado, com o objetivo de entender o presente e o futuro da indústria fashion.

O curso, com o qual você aprende os últimos 100 anos da história da moda, apresenta os 10 principais estilistas, consagrados na França. O conteúdo fundamental vai proporcionar história, para depois você saber analisar os desfiles das marcas, saber como as marcas vão evoluindo, conhecer a dinâmica da moda francesa.

Você vai começar sabendo mais sobre Coco Chanel, estilista francesa que marcou os anos 1920. Foi ela quem popularizou a calça feminina. Já Elsa Schiaparelli, que também está nas aulas, tinha pegada surrealista e criou o rosa-choque.

E você sabe quem criou a silhueta conhecida como The New Look? Acertou se pensou em Christian Dior, que desenhou o design originalmente intitulado Femme Fleur (mulher-flor, em tradução). O curso sobre estilistas memoráveis também não poderia deixar de mencionar Yves Saint Laurent, o criador do smoking feminino.

Quem também está no curso é Hubert de Givenchy, lembrado por peças elegantes e linhas arquitetônicas, além da famosa amizade com Audrey Hepburn. E Pierre Cardin? Está no conteúdo, é claro. O DNA criativo era formado por modelagens futuristas e formas geométricas.

Um dos estilistas mais icônicos de todos os tempos, Karl Lagerfeld não poderia ficar de fora. Simultaneamente, Lagerfeld comandava sua grife homônima, e atuava na direção criativa da Fendi, além da Chanel.

Com o meu curso “10 Estilistas que você deve conhecer”, todos se surpreendem com Azzedine Alaïa, o rei da qualidade e da atemporalidade. Já Thierry Mugler, designer que morreu neste ano, consagrou-se com designs performáticas e materiais inovadores. Para fechar, Jean Paul Gaultier, pioneiro da diversidade na moda.

Curso de moda


2. O curso é dado em ordem cronológica

Entender o passado da história da moda é importante para projetar o futuro. Quando falamos de um curso de história, a melhor forma é estudar de forma cronológica os acontecimentos, porque uns influenciam os outros que sucedem. Você entenderá como a moda evoluiu década por década seguindo os caminhos dos principais estilistas do mundo.

O curso permite que os alunos vejam influências que Coco Chanel teve nas criações de Yves Saint Laurent, por exemplo. Ou que a moda surrealista de Elsa Schiaparelli pode ter influenciado criações de Thierry Mugler. Como vocês veem, trata-se de estudar os 10 estilistas em profundidade, mas não deixar de lado as inspirações que uns levam aos outros.

 

3. Método único e didático

Muitas vezes, quando começamos um curso, podemos ficar entediados. E as pessoas que trabalham e/ou gostam de moda, normalmente, estão acostumadas com um ritmo de informações, de imagens. Então, o curso de moda tem que ter um método atraente, um método que deixe as pessoas sempre com vontade de saber mais, e um método certo para que as pessoas possam celebrar, ao fim, tudo que aprenderam.

O método do meu curso é único. É um modelo de estudo que eu criei. Eu o desenvolvi para que cada estilista escolhido seja abordado da mesma forma, a partir de algumas perguntas que eu repito para o estudo de cada um deles. Essas perguntas são: o que foi a moda para ele(ela); qual foi seu estilo; qual foi o legado deixado para a moda; exemplos de criações; e a atualidade da marca deixada.

 

4. Qualquer pessoa que ama moda pode participar

Qualquer pessoa pode participar e é bem-vinda, assim como os meus cursos presenciais em Paris, que estão abertos a qualquer pessoa que ama moda. 

É para quem ainda não sabe nada e para quem já sabe, mas quer aprender mais; para quem trabalha no mercado ou pretende trabalhar; para quem está estudando moda ou vai estudar; para quem é designer de moda e quer embasar as próprias criações com história; ou para quem trabalha em mercados que se relacionam diretamente com a moda, como a joalheria, a cosmética, e acessórios em geral.

 

5. Fácil acesso

O curso “10 Estilistas que você deve conhecer” traz uma aula de introdução, uma aula para cada designer, e uma aula de conclusão. Tem duração total de oito horas e está disponível na plataforma Hotmart, de muito fácil acesso.

As aulas podem ser vistas quantas vezes o aluno quiser. Cada pessoa pode se organizar: escolher se quer fazer uma maratona ou dividir uma hora por semana. Também é possível voltar e repetir a explicação.

Imagens ilustrativas acompanham as minhas explicações, com direito a apresentações de PowerPoint. Durante as aulas, estou conversando com quem assiste, para estarmos próximos, ainda que de forma virtual.

É uma conversa didática para que as informações sejam passadas de maneira clara e eficiente para o melhor aprendizado do conteúdo. Imperdível! Você não vai se arrepender!

Curso 10 Estilistas
As aulas estão disponíveis on-line na plataforma Hotmart Sergey Zolkin/Unsplash/Rep


6. Conhecimentos fundamentais e imperdíveis sobre os estilistas

O curso responde a cinco perguntas fundamentais de cada designer, mas vai além disso. O legado dos estilistas é completado com informações sobre desafios pessoais e anedotas da vida de cada um, além de várias ligações entre eles.

Você sabia, por exemplo, que Coco Chanel e Elsa Schiaparelli eram rivais? Sabia que Hubert de Givenchy começou sua carreira trabalhando para Elsa Schiaparelli? Ou que Pierre Cardin trabalhou com Christian Dior? Essas e outras conexões vão te ajudar a entender melhor o momento da moda em cada década.

 

7. Professora com credibilidade para ensinar sobre moda

Eu, Valeria Doustaly, sou consultora de imagem. Além de ser membro da Associação Internacional de Consultores de Imagem (AICI), tenho certificação como CIP (Certified Image Professional).

No começo da minha trajetória profissional, fiz graduação em marketing pela Universidade Argentina da Empresa. Concluí mestrado em administração estratégica na Universidade de Belgrano. Também desenvolvi uma segunda carreira, em publicidade.

Em 2014, criei o programa Paris Style Week. O programa foi criado como um curso de moda e estilo, com cinco dias de experiências presenciais na capital da França. Desde o início, já recebi mais de 20 grupos. Inclusive, a próxima edição será neste mês: de 14 a 18 de março de 2022.

 Atualmente, sou vice-presidente da AICI, cargo que ocupo pela segunda vez. Sou responsável pela organização da Conferência Mundial de Consultores de Imagem do ano de 2023.

Valeria Doustaly, professora do curso 10 Estilistas que você deve conhecer
Valeria Doustaly Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


8. Imersão no glamour francês e no mercado de luxo

O curso “10 Estilistas que você deve conhecer” é uma imersão digital na moda francesa. Como se sabe, a capital do luxo e do glamour fashion.

Os designers estudados criaram algumas das grifes mais rebuscadas do mundo. Além disso, como uma morada de Paris, vou te apresentar detalhes sofisticados, com exemplos de experiências reais.

Valeria Doustaly no Museu da Moda de Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

9 – Prêmios internacionais

Sou uma professora premiada, sim! O meu curso ganhou um prêmio internacional da Aici, por colocar o conteúdo sobre história da moda como ponto fundamental para as consultoras de imagem, que muitas vezes não têm esse repertório.

Em 2021, pelo trabalho realizado com o Paris Style Week, recebi o Prêmio Jane Segerstrom. Foi um reconhecimento por ter criado uma iniciativa global e difundir a história da moda para a consultoria de imagem.

Em 2019, também recebi o Prêmio do Presidente, que é escolhido no fim do mandato do presidente e dados a indivíduos que ele considera ter feito uma contribuição significativa para o crescimento da associação.

 

10. Quem já fez o curso amou!

Em 2020, com a chegada da pandemia, passei a oferecer cursos on-line, focados na evolução da moda e no mercado de luxo. Foi assim que nasceu o conteúdo “10 Estilistas que você deve conhecer”.

O curso de moda foi dado inicialmente ao vivo via Zoom, em vários idiomas. Além do português, as aulas foram ministradas em inglês e espanhol. Atualmente, o conteúdo fica gravado.

A AICI me aproximou de várias alunas, de diferentes lugares do mundo, como Filipinas, Canadá, Inglaterra, índia, Colômbia, Peru, Chile, México, Estados Unidos, Espanha e Portugal, entre outros.

No Brasil, as participantes aprovam a iniciativa e dão depoimentos de agradecimento. Veja feedbacks:

Depoimento sobre o curso 10 Estilistas que você deve conhecer
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Depoimento sobre o curso 10 Estilistas que você deve conhecer
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Depoimento sobre o curso 10 Estilistas que você deve conhecer
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

O próximo feedback positivo pode ser o seu. Inscreva-se no curso “10 Estilistas que você deve conhecer” e tenha acesso às aulas on-line. Com foco no trabalho de 10 grandes estilistas, o conteúdo começa na década de 1920 e segue até os dias atuais. Entenda a evolução da moda.

 

Categorias
Paris Style Week

Moda: a experiência de uma participante do Paris Style Week

O Paris Style Week é formado por pessoas que amam a moda. Mais do isso: fashionistas interessadas em viver profundamente o glamour da moda parisiense. Uma das brasileiras que já vieram fazer o meu curso, na capital francesa, é a carioca Ana Huth. Já esteve em duas edições do programa e está prestes a retornar para a próxima edição presencial, em março de 2022. Além de aluna, ela se tornou uma amiga querida. Por isso, eu a convidei para dividir detalhes da experiência no Paris Style Week.

Veja o relato!

Valeria Doustaly e Ana Huth em Paris
Ana Huth (à direita) comigo em Paris Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Ana Huth e a relação com a moda

Ana Huth mora em Niterói, no Rio de Janeiro. Apesar de atuar na área jurídica, a carioca tem uma forte relação com a moda.

“Minha ligação com a moda vem desde muito cedo, quando minha mãe abriu um  ateliê de costura, acabando por se especializar em roupas de festa. Cresci entre agulhas e linhas, mas acabei seguindo os passos do meu pai, embora não abandone tudo o que vivi e aprendi com a minha mãe”, conta ao blog.

Para ficar sempre antenada e conectada ao mundo fashion, Ana Huth tem o costume de fazer cursos sobre o segmento. Pesquisando sobre a temática, ela descobriu o Paris Style Week. Participou em setembro de 2018 e também em março de 2020.

“Estar em Paris vendo de perto o que via em revistas e fitas de VHS é um sonho. Minha mãe sempre foi muito antenada e para se manter conectada ao que era lançado na França, encomendava revistas de moda e fitas de VHS dos desfiles. Quando o material chegava, meses depois da publicação e dos desfiles, lembro de passar horas estudando cada página, cada imagem”, relembra Ana Huth. “Poder ver tudo in loco é extraordinário.”

Ana Huth em Paris
Ana Huth Ana Huth/Reprodução
Valeria Doustaly e Ana Huth, no Paris Style Week, curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


A experiência com o Paris Style Week

Para Ana Huth, o Paris Style Week é muito mais do que um curso de moda. “É puro movimento, é conhecimento transmitido durante a vivência de experiências; experiências que ocorrem conforme o cronograma das visitas programadas”, pontua. “Com o PSW, tudo que se aprende é mostrado, demonstrado, apresentado… É real. Uma experiência após a outra!”, destaca. 

Ana Huth faz questão de ressaltar que, em geral, bons professores pressupõem extremo conhecimento e habilidade para transmiti-lo, além de comprometimento com o resultado. 

“A Valeria reúne essas qualidades e muitas outras. Além de todo o profissionalismo, ela é cuidadosa com suas alunas, que dela recebem idêntico tratamento”, elogia Ana Huth.

“É fonte inesgotável de conhecimento! Ela se prepara para todas as aulas que são ministradas por ela e por terceiros, como couturiers, artesãos, etc. A Valeria não perde uma única oportunidade sequer para dividir com seus alunos mais informação”, continua.

“A Valeria uma professora extremamente generosa. E sua preocupação com o resultado é notável. Ela quer que você capte, entenda e compreenda tudo que está sendo mostrado. Ela quer que você volte para casa com a bagagem cheia de novidades, informações, cultura!”, completa Ana Huth.

Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Ana Huth com turma do Paris Style Week, em setembro de 2018 Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Março de 2020 Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Desde 2014, o Paris Style Week já recebeu mais de 20 grupos para momentos extraordinários com a moda local. Contudo, cada edição é única e exclusiva, como enfatiza Ana Huth.

“Quanto ao currículo, a Valeria o altera a cada edição, tanto é que vou repetir pela terceira vez e, com certeza, só aprender coisas novas. Além dessa renovação, a preparação do programa se dá conforme o que há de novidade no momento. Sem contar com as surpresas que só sabemos quando iniciamos nossa maratona fashion”, celebra.

Participantes do Paris Style Week
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

A última e a próxima edição

Ana Huth foi uma das pessoas que participaram da última edição do Paris Style Week, antes da pausa devido à pandemia global.

Estar em Paris em março de 2020 com PSW foi algo que vou contar para os netos. Primeiro toda a tensão que antecedeu ao curso de moda, já que só se falava em Covid-19. Abra-se um parêntesis para dizer que Valeria deixou todos os inscritos absolutamente à vontade para ir ou desistir. A maioria optou por ir e foi sensacional. Observamos todos os cuidados possíveis”, compartilha a brasileira.

O clima era tenso, não por nós alunas, tampouco por Valéria e sua assistente, mas pela falta de movimento nas ruas. Tudo estava vazio!”, lembra. “Tudo isso conferiu ao nosso roteiro mais exclusividade, diferenciação… Todos nós aguardávamos por algo e por isso tudo foi aproveitado ao extremo”.

“Nunca vi Paris daquela forma e acredito que nunca mais verei. O fato de já ter estado com PSW em outra oportunidade, me deu a dimensão real do que estava vivenciando ali naquele momento. Só posso dizer: foi histórico”, assegura Ana Huth.

Agora, Ana Huth se prepara para a próxima edição, o aguardado comeback. A brasileira acredita que também será um marco. Afinal, trata-se de um respiro depois do caos.

“Como será que a cidade vai estar? Como será que a moda reagirá de fato? Será que a atemporalidade, o conforto, a sustentabilidade, etc, vão se traduzir nas produções? Muitas perguntas e muita ansiedade. Ansiedade boa é claro”, garante.

“Afinal, se participar de um PSW já é o máximo, imagina participar de uma edição quando da declaração de pandemia e do fechamento da França (eu estava lá!) e poder voltar na primeira turma presencial pós-tormenta”, comemora.

Valeria Doustaly e Anna Huth
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Você também pode ser uma das participantes da histórica edição de retomada do Paris Style Week! Quer viver essa emoção com a moda? Para obter mais informações e se inscrever no programa de março de 2022, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá os detalhes da inscrição. Confira a programação completa!

Categorias
Moda

Curso de moda on-line: 10 estilistas que você deve conhecer

As famosas tendências de estilo, os desfiles de grifes renomadas, os novos designers, as cores que estão em alta, as formas das roupas… Tudo isso tem uma origem, que vem lá de trás. Para entender o presente e o futuro da indústria, é preciso olhar para o passado fashion. Trata-se da evolução da moda. Nesse sentido, desenvolvi o curso de moda on-line “10 estilistas que você deve conhecer”. A partir da história de designers consagrados na França, demonstro quais são as bases que deram origem ao vestuário que é usado atualmente pelo mundo.

Curso de moda 10 estilistas que você deve conhecer
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Sobre o curso de moda virtual

Em 2014, fundei o programa Paris Style Week. Até 2020, mais de 20 grupos participaram, em português. Contudo, quando chegou a pandemia, passei a oferecer cursos on-line, focados na evolução da moda e no mercado de luxo.

Foi assim que surgiu o curso de moda inédito “10 estilistas que você deve conhecer“. É destinado a todas as pessoas que querem aprofundar os conhecimentos sobre a história da moda por meio do legado de 10 designers renomados da alta-costura.

E quem pode participar? Pessoas que amam a moda, e têm experiência na área, claro! Também é para quem sabe um pouco de história da moda, mas quer aprofundar. É para quem não sabe nada e quer entrar de vez nesse mundo. O intuito principal é proporcionar uma bagagem sólida.

É um modelo de estudo que eu criei. Didático, o método pioneiro traz detalhes sobre cada estilista, de forma cronológica. São os últimos 100 anos da moda francesa, de uma forma inovadora e consistente!

O objetivo é proporcionar um repertório significativo. Você entenderá como a moda evoluiu década por década e quais são as bases que deram origem ao vestuário da atualidade.

Temos 10 estilistas famosos e cinco questões fundamentais para cada. Primeiramente, é preciso entender o que foi a moda para cada designer, e também qual foi o seu diferencial de estilo.

Se o estilista está neste curso de moda, é fato que ele(ela) deixou um legado memorável. Por isso, é necessário compreender quais foram as criações mais emblemáticas. Além disso, você saberá qual é o posicionamento atual da marca criada e quem está à frente para manter o patrimônio construído por cada designer.

 

Na aulas, estão os estilistas mais importantes da história da moda: Coco Chanel, Elsa Schiaparelli, Christian Dior, Yves Saint Laurent, Hubert de Givenchy, Pierre Cardin, Karl Lagerfeld, Azzedine Alaïa, Thierry Mugler e Jean Paul Gaultier.

O curso de moda foi dado inicialmente ao vivo via Zoom, em vários idiomas. Além do português, as aulas foram ministradas em inglês e espanhol. Deu muito resultado para pessoas de diferentes áreas da moda e de diferentes lugares do mundo. O sucesso foi tão grande que decidi transformar em um conteúdo gravado, surpreendente e único!

Atualmente, está disponível na plataforma Hotmart, de fácil acesso. Com mais de oito horas gravadas, todas as aulas são ilustradas. Além disso, há materiais adicionais.

Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Valeria Doustaly em Paris
Sou Valeria Doustaly, a criadora e ministrante do curso de moda “10 estilistas que você deve conhecer” Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Saiba um pouco mais sobre cada estilista abordado:

Coco Chanel

O curso começa nos anos 1920 com Gabrielle Bonheur Chanel. Não poderia faltar. Mais conhecida como Coco Chanel, ela fundou a própria maison em 1910 e revolucionou a moda.

Ao longo dos anos, a designer ficou conhecida por criações emblemáticas, como o clássico vestido preto básico, intitulado em francês La Petite Robe Noire; além de ter popularizado o uso da calça feminina. A elegância da estilista é marcada pela simplicidade e pelo conforto. Graças ao meu método, você ficará por dentro de tudo sobre Coco Chanel!

Gabrielle Chanel
Coco Chanel Roger Schall/Collection Schall/Chanel/Divulgação

Roger Schall/Collection Schall/Chanel/Divulgação


Elsa Schiaparelli

Você sabe quem foi a maior rival de Coco Chanel? Ela também está no curso: Elsa Schiaparelli, que tinha um estilo totalmente contrário. Fundou a marca homônima na França, em 1927. Durante a trajetória fashion, ela usou a moda como uma forma de se expressar artisticamente.

Entre as principais características, está o surrealismo, que segue no DNA da label até os dias de hoje. Schiaparelli também ficou conhecida pela criação da cor rosa-choque.

Elsa Schiaparelli
Elsa Schiaparelli Schiaparelli/Divulgação

Christian Dior

Depois das duas estilistas mulheres, o meu curso de moda apresenta Christian Dior. O mais conhecido quando se fala em moda francesa. Ele concretizou a marca homônima em 1946.

Em 1947, o designer apresentou à imprensa sua primeira coleção, exibida na avenida Montaigne, em Paris. Entre os designs marcantes, está o icônico New Look. Originalmente, a silhueta é chamada Femme Fleur (mulher-flor, em tradução).

Christian Dior
Christian Dior Dior/Divulgação


Yves Saint Laurent

E você sabe quem trabalhou para Christian Dior? Yves Saint Laurent, que também está no meu curso de moda on-line. Ele fundou a própria marca em 1961. Entre as inúmeras criações memoráveis de Saint Laurent, está o smoking feminino.

Yves Saint Laurent
Yves Saint Laurent Guy Marineau/Museu Yves Saint Laurent/Divulgação

Hubert de Givenchy

Considerado uma lenda da moda, Hubert de Givenchy também está no curso “10 estilistas que você deve conhecer”. No fim dos anos 1940, ele foi assistente de Elsa Schiaparelli.

O francês inaugurou a própria grife em 1952. O DNA da Givenchy ficou marcado por oferecer conjuntos com peças que poderiam ser usadas de forma separada, com design marcado por linhas arquitetônicas. O designer também é bastante lembrado pela amizade que tinha com a atriz Audrey Hepburn.

Hubert de Givenchy. Tema curso de moda
Givenchy/Divulgação

 

Pierre Cardin

Atualmente, fala-se muito sobre Pierre Cardin. Afinal, o estilista morreu no fim do ano passado. Saber a história de Cardin é saber a história recente da moda.

Em 1945, chegou a Paris. Trabalhou para a Paquin e depois passou pela Schiaparelli. No ano seguinte, foi contratado por Christian Dior como alfaiate. Em 1950, Cardin fundou a própria grife. Ficou conhecido por criações ousadas e inovadoras.

Pierre Cardin com prêmios
Pierre Cardin Pierre Cardin/Divulgação

 

Karl Lagerfeld

Quem também não ficaria de fora do curso de moda “10 estilistas que você deve conhecer” é o ícone Karl Lagerfeld. Para muitos, a pessoa mais importante da moda de todos os tempos.

No início da carreira, ele foi assistente de Pierre Balmain. Nos anos 1960, começou a trabalhar na Chloé, grife na qual permaneceu durante 20 anos.

Virou diretor criativo da Chanel em 1983. Levou modernidade para a etiqueta. Até 2019, simultaneamente, Lagerfeld comandava sua grife homônima, e atuava na direção criativa da Fendi, além da Chanel. Na grife francesa, a trajetória do alemão foi consagrada para sempre.

Karl Lagerfeld
Karl Lagerfeld Chanel/Divulgação

 

Azzedine Alaïa

Apesar de ser pouco conhecido, Azzedine Alaïa é muito importante. Depois do meu curso, todos se surpreendem! Ele é o rei da qualidade e da atemporalidade.

A carreira de Alaïa começou em meados dos anos 1950, em Paris. No início, ele foi alfaiate na Dior, onde também trabalhou com Yves Saint Laurent. Depois, passou por grifes como Guy Laroche e Mugler. Inaugurou o próprio ateliê no fim dos anos 1970.

O auge da trajerória de Azzedine Alaïa foi nos anos 1980. Foi na alta-costura que ele se encontrou verdadeiramente, pela satisfação de desenvolver peças únicas e atemporais.

Azzedine Alaïa. Tema curso de moda
Azzedine Alaïa Azzedine Alaïa/Divulgação


Thierry Mugler

No curso de moda on-line, também ensino sobre Manfred Thierry Mugler. Conquistando cada vez mais fama, ele até ganhou recentemente uma exposição de homenagem em Paris. Por isso, ele é o assunto do momento na capital francesa. E você também que estar por dentro, certo?

Mugler fundou a própria grife no ano de 1973. Principalmente na década de 1990, consagrou-se com designs nada óbvios e com viés de transformação. Exuberância e pegada performática são características presentes no DNA criativo. Em 2002, deixou a maison para se dedicar a projetos artísticos.

Manfred Thierry Mugler
Manfred Thierry Mugler Mugler/Divulgação

 

Jean Paul Gaultier

E quem é o estilista mais simpático? Jean Paul Gaultier fecha a lista dos 10 estilistas que você deve conhecer. Ele é conhecido como “L’enfant terrible de la mode”.

Gaultier foi o protagonista na alta-costura dos anos 1980. Virou referência e pioneiro em diversidade, sustentabilidade e inclusão na moda.

Jean Paul Gaultier
Jean Paul Gaultier Jean Paul Gaultier/Divulgação


O meu curso poderia ter sido chamado “De Coco Chanel a Jean Paul Gaultier”. Ou “100 anos da moda”. Que tal? Afinal, o conteúdo começa nos anos 1920 e termina na atualidade. O fato é que as aulas transformarão a sua visão sobre a história da moda.

Não é possível entender o mundo da moda só olhando para uma tendência ou um desfile específico. É preciso compreender o DNA das grifes, assim como as propostas de marketing e de negócio; conhecer o mercado de luxo a fundo. E é isso que o curso “10 estilistas que você deve conhecer” vai te proporcionar!

 

Categorias
Paris Style Week

Paris Style Week: curso de moda com inscrições abertas para 2022

Lá vamos nós, com energia total! Teremos o aguardado comeback, para arrasar na capital francesa! Em 2022, o Paris Style Week presencial voltará com tudo.

O programa foi criado como um curso de moda e estilo, com cinco dias de experiências exclusivas no glamour parisiense. Desde 2014, já recebi mais de 20 grupos. Trata-se de uma oportunidade incrível para as brasileiras que amam a moda. E tudo em português!

Desde o início, as atividades incluem masterclasses; workshops; visitas guiadas e comentadas a museus; idas a lojas de luxo e ateliês; além de contato com novos designers e personalidades do mundo fashion. Imperdível para quem quer descobrir o que há de melhor na moda francesa!

Para a próxima edição, que acontecerá fisicamente de 14 a 18 de março de 2022, preparei um cronograma sensacional. Venha a Paris e volte inspirada ao Brasil! Além de aprender sobre história da moda, estilo e luxo, viva o lifestyle francês!

Hotel Plaza Athénée
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

DIA 1 – segunda-feira
Paris Style Week

A abertura do Paris Style Week acontece no hotel de luxo Plaza Athénée, que é considerado o hotel das fashionistas. Localizado na Avenue Montaigne, o hotel fica imerso no glamour parisiense. No local, será o nosso primeiro contato. O grupo é recebido com um café da manhã especial, com comidas típicas francesas. Apresentarei detalhadamente tudo que faremos ao longo da semana.

Logo depois, teremos a masterclass Luxo e Sustentabilidade, que é o tema do momento. Explicarei como as marcas de luxo se posicionam em relação à moda ecologicamente responsável. Esse será o seu ponto de partida para iniciar a semana com mais bagagem de moda, e fazer cada minuto valer a pena.

Já no primeiro dia de Paris Style Week, você também terá a chance de tirar a clássica foto na Torre Eiffel. Isso antes de seguir para o próximo destino: o edifício 19 M, que é a recém-inaugurada sede do Métiers d’Art da Chanel. Um lugar magnífico e de muito prestígio, com acesso limitado! Por lá, a marca concentra todo o legado de artesanato e técnicas de trabalho manual para as coleções, principalmente as de alta-costura. Nós teremos acesso exclusivo a um dos ateliês da maison. 

Para fechar o dia com chave de ouro, iremos à Galeries Lafayette, clássica loja francesa de departamentos, que abriga milhares de marcas. Entre elas, Armani, Dior, Balenciaga, Burberry, Bulgari e Celine, entre outras.O espaço passou por uma recente renovação e está de cara nova. Nossa visita será acompanhada pela diretora de comunicação da label – o que deixará a experiência mais personalizada. Com direito a compras únicas e belas fotos no rooftop do local, você terá um momento de pura diversão, sofisticação e magia.

Hotel Plaza Athénée
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 2 – terça-feira

O segundo dia  de Paris Style Week é concentrado no famoso Palais Royal, um ponto tradicional no 1º arrondissement Paris, com direito a jardins pacatos e galeria comercial, cheia de lojas. No pátio interno, está a obra Les Deux Plateaux, mais conhecida como Colonnes de Buren. Desenvolvida pelo artista francês Daniel Buren, a instalação de arte é perfeita para cliques instagramáveis.

No mesmo bairro, passaremos pela charmosa Galerie Vivienne e pela serena Place des Victoires. Apesar de estar no centro turístico da cidade, o local é pouco conhecido. Calmo, charmoso e repleto de história, o bairro do Palais Royal – tipicamente francês – concentra comércios que vendem roupas, acessórios e perfumaria, além de utensílios inusitados, como echarpes e cachimbos dignos de colecionadores, por exemplo.

Em seguida, preparei uma oportunidade exclusiva. Visitaremos um grand couturier, ou seja, um grande costureiro, que está no grupo seleto de membros permanentes da alta-costura, parte da Federação Francesa de Alta-Costura e da Moda. Com cerca de 30 anos de expertise, ele vai nos mostrar, por meio de criações próprias, na prática, o que é a alta-costura. Vale destacar que se trata do segmento mais rebuscado e artesanal da moda!

Que tal conferir de perto uma exposição icônica? No Musée des Arts Décoratifs (Museu das Artes Decorativas), veremos uma exibição temporária que homenageia Thierry Mugler, um dos designers mais ousados de todos os tempos. A mostra, que está em cartaz pela primeira vez em Paris, consiste em uma retrospectiva inédita do trabalho do estilista. As peças expostas são de 1973 a 2014, com foco nos anos 1990. 

Parte da exposição Thierry Mugler - Couturissime
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 3 – quarta-feira

O glamour e o aprendizado de moda continuam! No terceiro dia, o foco será o sublime Museu Yves Saint Laurent. Com uma visita guiada particular, o grupo do Paris Style Week terá a chance de entrar no ambiente antes da abertura oficial para o público. O local comporta exposições temporárias.

Fundado no fim de 2017, o museu fica onde era o ateliê do estilista Yves Saint Laurent, um dos mais renomados do mundo. Na 5 Avenue Marceau, o designer passou quase trinta anos desenhando coleções, de 1974 a 2002. 

Próxima parada: Avenue Montaigne, parte do famoso Triângulo de Ouro, juntamente com a Avenue Georges V e a Avenue Champs Elysées. Entre os endereços de Paris, essas avenidas representam o que há de mais refinado e seletivo.

No local, estão lojas de grifes que constituem o esplendor da moda francesa. Vamos entrar em butiques de marcas renomadas, como Givenchy, Louis Vuitton e Chloé. Sabe aquele momento para tornar sonho em realidade? Prepare-se para viver, de verdade, o luxo francês!

Vestidos Mondrian no Museu Yves Saint Laurent, em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 4 – quinta-feira 

E tem mais programação! Começamos na Place Vendôme, com a apresentação de uma prestigiosa joalheria francesa. Logo depois, iremos para a Rive Gauche, área do lado esquerdo do rio Sena. A região é tradicional e queridinha das francesas. Se você tem vontade de vivenciar o cotidiano parisiense, este é o point!

Um ótimo lugar para ver a rotina real dos nativos. Trata-se da conhecida localização do Café de Flore, uma das atrações mais marcantes de Paris, situado no bairro literário e intelectual de Saint-Germain-des-Prés.

Em um passeio repleto de informação de moda, vamos conferir tendências de marcas consagradas. Entre elas, está a elegante Saint Laurent. A primeira boutique Rive Gauche de YSL, fundada em 1966 no local, foi inaugurada para comercializar a linha prêt-à-porter do estilista e fundador da label. 

Outro destino será um espaço físico da marca Zadig & Voltaire, com DNA boêmio e requintado. Especializada sobretudo em perfumes, a Carven também estará no cronograma. Para complementar, não poderiam faltar marcas estrangeiras e modernas, que são amadas pelas francesas. Pararemos em lojas das etiquetas britânicas The Kooples e Paul Smith.

Café de Flore, em Paris, parte do Paris Style Week
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Valeria Doustaly em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

DIA 5 – sexta-feira
Paris Style Week

Já pensou em passar um dia em Le Marais? Chegou a hora, com o Paris Style Week! Começamos o dia na Fundação Azzedine Alaïa, com sede onde era o ateliê e a casa do estilista. O local funciona como um museu que sempre tem novas exposições temporárias.

Localizado no 4º arrondissement de Paris, o bairro é famoso pelas lojas vintage. Verdadeiros tesouros fashion podem ser encontrados por lá! Você verá os brechós mais admirados e frequentados pelas francesas. Além disso, quer ter contato com marcas conceituais? É para já! Vamos passar também por várias concept stores.

A moda também se reflete no ramo da beleza. Por isso, maquiagem e cosméticos não ficam de fora. No último dia de programa, teremos uma experiência incrível com uma marca extremamente renomada no segmento de beauté. Preparada para as descobertas sobre as últimas tendências de makeup? Venha comigo!

No último dia, além de uma surpresa preparada por mim, as participantes receberão o certificado de conclusão do curso. Teremos uma semana fascinante, com muito conteúdo e experiências de moda. Embarque nesta aventura fashion! À bientôt!

Valeria Doustaly em Le Marais
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Fundação Azzedine Alaïa
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Não deixe de conferir depoimentos de participantes de edições anteriores. No Instagram @parisstyleweek, há um destaque com relatos maravilhosos! Na rede social, sempre compartilho registros de momentos memoráveis do programa.

Para obter mais informações e se inscrever no Paris Style Week de março de 2022, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá os detalhes da inscrição.

Valeria Doustaly, criadora do Paris Style Week
Valeria Doustaly, idealizadora do Paris Style Week Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Categorias
Paris

Como é o estilo francês? Seja expert no assunto

Maria Antonieta, Gabrielle Chanel, Carine Roitfeld e Jeanne Damas: você sabe o que essas mulheres de diferentes gerações têm em comum? Elas representam o estilo francês. Mas em quê exatamente consiste o famoso french style? Para responder esse questionamento que todo mundo faz, eu criei a masterclass Estilo Francês. Você não pode perder!

@cfda/Giphy/Reprodução

Estilo francês

As mulheres francesas são conhecidas mundialmente como as mais elegantes. Contudo, podemos dizer que a elegância francesa é uma questão cultural. Isso significa que as francesas conseguem ser sempre estilosas e chiques, sem muito esforço. Qual é o segredo?

O estilo francês vai muito além do look do dia. Temos que considerar nessa essência fashion vários elementos que vêm do comportamento: autoconfiança, atitude, empoderamento e naturalidade.

Muito além disso, a moda é composta por pessoas que estão nas ruas, no dia a dia, fora das passarelas. Prova da atemporalidade do estilo francês é o perfil @parisiensinparis, no Instagram. Administrada de forma anônima, a página é formada por cliques informais de parisienses pelas ruas da capital francesa. Um ótimo termômetro de trends!

A masterclass sobre o estilo francês

Tudo começou com um convite da Associação Internacional de Consultores de Imagem (AICI). Sou vice-presidente conferece da associação e fui chamada para fazer uma palestra, em inglês, sobre o estilo francês para um público na Índia.

O resultado ficou tão interessante que decidi transformar o conteúdo em uma masterclass, em português, para as minhas alunas e clientes brasileiras. A primeira edição acontecerá neste mês, via Zoom, com transmissão ao vivo. 

Estudante com notebook
A masterclass sobre o estilo francês será on-line! J. Kelly Brito/Unsplash


Fashionistas de diferentes gerações

Apesar de o mercado da moda apresentar novas tendências e estilos a cada temporada, a indústria não estaria onde está atualmente se não fossem as fashionistas que influenciam o público e as marcas.

Por isso, a masterclass será focada em personalidades de diferentes áreas na moda que representam o estilo francês. As escolhidas tiveram carreiras bem-sucedidas, mas não apenas isso. Elas usaram o próprio senso fashion para conquistarem reconhecimento.

A aula vai reunir informações importantes sobre a importância de cada uma para a moda. Falamos de mulheres que têm segurança sobre si mesmas, que marcaram (e algumas ainda marcam!) diferentes épocas da história.

Começando pelo século 18, Maria Antonieta foi uma das primeiras a quebrar regras de etiqueta. Os trajes dela, que vão além da moda, eram um reflexo de comportamento. Já Madame de Pompadour foi um símbolo de inteligência: retratou bem a importância da comunicação por meio da roupa. Outra integrante da aula, Joséphine de Beauharnais construía a própria beleza com a forma de se vestir.

Quem acompanhar a masterclass sobre o estilo francês, também saberá detalhes sobre o trabalho das estilistas Gabrielle Chanel, que criou um verdadeiro império, e Sonia Rykiel, referência em sofisticação e no uso das listras.

Maria Antonieta
Maria Antonieta (1755-1793) Château de Versailles/Reprodução
Madame de Pompadour
Madame de Pompadour (1721-1764) Château de Versailles/Reprodução
Joséphine de Beauharnais
Joséphine de Beauharnais (1763-1814) RMN-GP/Franck Raux/Château de Versailles/Reprodução
Gabrielle Chanel - estilo francês
Gabrielle Chanel (1883-1971) Roger Schall/Collection Schall/Chanel/Divulgação
Sonia Rykiel - estilo francês
Sonia Rykiel (1930-2016)  Sonia Rykiel/Divulgação

Para completar o conteúdo sobre o estilo francês, selecionei fashionistas que arrasam na atualidade. Embora sejam de segmentos diversos dentro da moda, todas elas são autoras de livros que abordam vertentes do mundo fashion. 

“A moda é uma linguagem, segura, e é um reflexo da sociedade”: você sabe quem disso isso, por exemplo? A jornalista Carine Roitfeld. A francesa é uma personificação da sensualidade com toque rebuscado. Moderna, ela aposta em designers de vanguarda e nunca passa despercebida. 

Roitfeld foi editora-chefe da revista Vogue Paris de 2001 a 2011. Depois, tornou-se diretora de moda global da Harper’s Bazaar. Também fundou sua própria plataforma de moda, a CR Fashion Book.

Carine Roitfeld - estilo francês
Carine Roitfeld @carineroitfeld/Instagram/Reprodução
Carine Roitfeld - estilo francês
@carineroitfeld/Instagram/Reprodução
Carine Roitfeld - estilo francês
@carineroitfeld/Instagram/Reprodução
Carine Roitfeld
@carineroitfeld/Instagram/Reprodução

 

Quem também estará no conteúdo é a modelo Ines de la Fressange. Começou a carreira na década de 1980 e colaborou com a Chanel durante anos. Básica, no quesito vestuário, ela coloca criatividade na simplicidade.

Outra top model que fará parte é Caroline de Maigret. Ao longo dos anos, participou de desfiles de grifes como Chanel, Dior, Louis Vuitton, Valentino e Alexander McQueen. Por meio do próprio estilo francês, que tem ar despreocupado, ela traz o sentido do que é ser cool, com um toque de androginia e rock and roll. 

Para completar as figuras que definem o estilo francês, temos Jeanne Damas. A digital influencer é seguida por quase 1,5 milhão de usuários no Instagram. Por lá, vemos muita feminilidade com uma pitada jovial.

Ines de la Fressange - estilo francês
Ines de la Fressange @inesdelafressangeofficial/Instagram/Reprodução
Caroline de Maigret - estilo francês
Caroline de Maigret @carolinedemaigret/Instagram/Reproduça
Jeanne Damas
Jeanne Damas @jeannedamas/Instagram/Reprodução

 

Inscrição para a masterclass Estilo Francês

A primeira edição da masterclass Estilo Francês (em português), comigo – Valeria Doustaly -, será em 14 de outubro de 2021, quinta-feira. Às 16h, no horário de Brasília.

Com transmissão ao vivo, pelo Zoom, diretamente de Paris, a duração será de 1 hora de aula. Depois, haverá 15 minutos de perguntas e respostas. O conteúdo ficará gravado por sete dias, para que você possa rever.

As inscrições para a masterclass sobre o estilo francês já estão abertas. Para se inscrever, é muito simples! Basta mandar um e-mail para [email protected] Envie nome, sobrenome e endereço.

O preço é de 25 euros. Depois de enviar o e-mail, você receberá o link de pagamento pelo Paypal. Após realizar o pagamento, você receberá o link da aula. Os lugares são limitados. Garanta o seu!

Masterclass Estilo Francês
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week