Filme de moda: Haute Couture e mais títulos para fashionistas

Filme de moda Haute Couture
Filme Haute Couture

Se você ama a moda e também gosta de acompanhar a indústria cinematográfica, este post vai ser muito útil. Nada como assistir a uma produção que une os dois universos, certo? Principalmente nesta semana. Sabe por quê? O filme House of Gucci (Casa Gucci) estreará mundialmente nesta quinta-feira (25 de novembro). Para aproveitar o embalo, separei boas opções nas categorias série e filme de moda. Prepare a pipoca!

Filme de moda Haute Couture
Trecho do filme de moda intitulado Haute Couture Les Films du 24/UGC/Reprodução


Haute Couture, filme de moda em meio à alta-costura

O setor mais luxuoso do mundo fashion é a alta-costura. Que tal assistir a um filme de moda que te dá detalhes sobre o segmento? Com estreia neste mês na França, o título Haute Couture abre a minha lista de sugestões.

Eu corri para assistir a pré-estreia. Gostei e recomendo! Trata-se de uma trama comovente e bem feita, que tem como cenário a alta-costura. Dirigido por Sylvie Ohayon, o enredo fala sobre amor e empatia, por meio de duas histórias que se cruzam inesperadamente.

No filme de moda, Esther (Nathalie Baye) é costureira-chefe no ateliê da Dior, na Avenue Montaigne, em Paris. Um dia, ela teve a bolsa roubada no metrô por uma garota de 20 anos, Jade (Lyna Khoudri). A jovem, que cresceu no subúrbio, levava uma vida difícil, sem grandes perspectivas.

Em vez de chamar a polícia, a funcionária da Dior, que também passa por problemas pessoais, decide cuidar de Jade, como uma oportunidade de ajudá-la e transmitir suas habilidades. A partir disso, tudo muda. Achei emocionante!

Além de uma chance para aprender uma lição de superação, a produção retrata o funcionamento de um ateliê de haute couture, de uma das maiores maisons de todos os tempos. É possível ver salões rebuscados, tecidos e modelagens, além da correria que antecede um desfile.

 

Como Roubar Um Milhão de Dólares

Entre os meus títulos preferidos, está o clássico Como Roubar Um Milhão de Dólares (1966), de William Wyler. Assinado por Hubert de Givenchy, o figurino é maravilhoso, e atemporal! A protagonista é ninguém menos que Audrey Hepburn, atriz que teve uma amizade marcante com o estilista francês.

A história se passa em Paris. No enredo, Nicole Bonnet (Audrey Hepburn) é a filha de um falsificador de obras de arte. Ela pede a ajuda de Simon Dermott (Peter O’Toole), um desconhecido que recentemente invadiu sua casa, para roubar uma estátua.

 

Os Amantes

Na lista de recomendações para as fashionistas, não poderia faltar Les Amants (Os Amantes), de 1958, dirigido por Louis Malle. Também considerado filme de moda, o romance tem a icônica Jeanne Moreau como atriz principal.

Não deixe de reparar no figurino criado para Moreau pela emblemática Coco Chanel. A estrela era cliente assídua da estilista. O resultado é memorável, com direito a vestido preto, rendas e pérolas.

O drama é focado em traições. A esposa de um diretor do jornal sai de Dijon e chega a Paris, em busca de uma vida nova. Lá, ela se apaixona novamente e tem grandes surpresas.

 

Séries na Netflix

Não poderia deixar de destacar séries. Selecionei algumas que estão ou já estiveram no catálogo da Netflix, tanto na França quanto no Brasil.

Gossip Girl, por exemplo, é uma produção incrível para quem gosta de moda. Looks interessantes, com peças de grife não faltam. Os outfits são usados por Blair Waldorf (Leighton Meester) e Serena van der Woodsen (Blake Lively).

No seriado, sob o pseudônimo de “A Garota do Blog”, alguém movimenta o Upper East Side de Manhattan, em Nova York, com fofocas e intrigas de colegial. O primeiro episódio foi lançada em 2007. Com seis temporadas, a produção foi eternizada. Em 2021, os fãs comemoram a estreia de um reboot.

Outra dica é um clássico das séries para as fashionistas: Sex and the City, que durou até 2004. Também virou filme de moda em 2008. E está prestes a ganhar o revival And Just Like That, que chegará à plataforma de streaming HBO Max em 9 de dezembro.

Quem não queria ter o closet de Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker)? A personagem eternizou calçados by Manolo Blahnik.

Para concluir, recomendo a minissérie O Gambito da Rainha, de 2020, inspirada em uma história real. Interpretada por Anya Taylor-Joy, Beth Harmon é uma órfã que se transforma em um prodígio do xadrez. Por ser uma trama de época, o figurino tem essência vintage, com muita elegância.

Divirta-se!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Email
Telegram
Valeria Doustaly

Valeria Doustaly

Apaixonada pelo mundo fashion, sou uma argentina que mora em Paris, a capital da moda. Aqui, tenho contato direto com o mercado de luxo e as tendências em primeira mão. Vivo e respiro moda diariamente.

Comigo você pode estudar moda, participar de uma imersão de moda em Paris ou contratar o meu serviço de Conciergerie.

Sou consultora de Imagem certificada pela Associação Internacional de Consultores de Imagem AICI CIP. Trabalhei em agências de propaganda, marketing e comunicação em destacadas empresas do mundo no mercado de cosmético e luxo na América do Sul e na França.

Graduada em marketing possuo também um MBA em administração estratégica. Morei mais de 10 anos entre São Paulo e Rio de Janeiro, residindo em Paris.

Multicultural, falo espanhol, francês, português e inglês. Tenho dupla nacionalidade argentina e francesa.

Valeria Doustaly

Valeria Doustaly

Apaixonada pelo mundo fashion, sou uma argentina que mora em Paris, a capital da moda. Aqui, tenho contato direto com o mercado de luxo e as tendências em primeira mão. Vivo e respiro moda diariamente.

Comigo você pode estudar moda, participar de uma imersão de moda em Paris ou contratar o meu serviço de Conciergerie.

Sou consultora de Imagem certificada pela Associação Internacional de Consultores de Imagem AICI CIP. Trabalhei em agências de propaganda, marketing e comunicação em destacadas empresas do mundo no mercado de cosmético e luxo na América do Sul e na França.

Graduada em marketing possuo também um MBA em administração estratégica. Morei mais de 10 anos entre São Paulo e Rio de Janeiro, residindo em Paris.

Multicultural, falo espanhol, francês, português e inglês. Tenho dupla nacionalidade argentina e francesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.