Categorias
Paris Style Week

Concierge de moda em Paris: as vantagens para quem vai viajar

Quer viajar a Paris para ter experiências de moda, mas não sabe como organizar um cronograma perfeito? A solução para isso está no serviço de concierge. Por meio do meu programa Paris Style Week, ofereço um atendimento personalizado, moderno, prático e inesquecível. Com foco em experiências de moda, a programação será planejada de acordo com os seus gostos e as suas expectativas.

Valeria Doustaly na frente de restaurante parisiense
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Concierge em Paris

O Paris Style Week nasceu como um curso de moda e estilo, com cinco dias de atividades de moda no glamour da capital francesa. No entanto, funciona com um cronograma fechado e aprofundado, assim como os meus cursos de moda. Contudo, também atendo a demandas especiais, por meio do serviço de concierge.

Dessa forma, proporciono experiências inspiradoras com a moda e novas descobertas, mas de maneira mais pontual. Tenho que ser eficaz em menos tempo, e de forma específica. A principal diferença, em relação aos outros serviços, é que a agenda é completamente pensada de forma exclusiva para cada contratante.

Por ser um atendimento adaptável, o número de participantes varia. O serviço de concierge pode ser contratado individualmente ou para mais pessoas. Conte comigo!

O tempo de duração do programa também é particular, ajustado de acordo com a vontade e a disponibilidade de cada pessoa. Pode durar uma manhã, uma tarde, um dia inteiro, ou muitos dias.

Como eu trabalho com moda e tenho um público antenado no segmento, quando me contratam como concierge, a maioria das atividades costumam ser ligadas ao mundo fashion, inclusive exposições em museus. Mas isso não nos impede de encaixar atividades em pontos turísticos ou relacionadas a outras temáticas no roteiro.

Também monto agendas completamente focadas na moda, no sentido mais amplo, com visitas a marcas de vestuário, maquiagem, calçados, joalherias, acessórios, e por aí vai.

Valeria Doustaly, concierge em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Valeria Doustaly, concierge em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Vantagens

O atendimento de concierge é totalmente personalizado e vantajoso. Serve para quem nunca veio a Paris e quer conhecer os pontos imperdíveis. Mas também serve para quem já veio à cidade e está de volta em busca de novas experiências, de acordo com o que sabe que gosta.

É para quem que vai viajar a Paris e quer ter um serviço organizado. Engloba os melhores passeios, os mais novos. Para quem quer saber das novidades que não aparecem nas revistas ou até mesmo nas buscas do Google. São novidades que só quem mora na cidade (eu!) sabe. 

Vale destacar que tenho extensa trajetória no segmento fashion. Além de ministrar cursos na área de história da moda, sou consultora de imagem, certificada pela Associação Internacional de Consultores de Imagem (AICI), e também tenho formação em marketing.

A principal vantagem de me ter como concierge em Paris é que você não vai perder tempo com a organização das atividades na viagem, já que eu posso fazer isso de forma estratégica, objetiva e baseada em muita prática. O principal é que você tenha um programa espetacular, começando pelo planejamento.

Valeria Doustaly em café
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 


O essencial é interpretar o desejo de cada cliente para a programação. Afinal, o mais importante é deixar a pessoa feliz com as experiências na capital francesa. Sempre considero que o visitante está de férias. O que eu faço é otimizar a agenda, com dicas e oportunidades valiosas.

Quando pensamos em uma exposição, por exemplo, é preciso conhecer datas e horários. Com o serviço de concierge, o turista não comprará ingressos à toa ou precisará fazer pesquisas extensas; ou pensar no tempo de duração de cada atividade e até na locomoção de um lugar a outro. Comigo, tudo será simplificado; não há mais preocupações. Quem cuidará de toda a logística sou eu. Você só irá aproveitar a parte boa: viver Paris.

Valeria Doustaly na Galeries Lafayette
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 


Como contratar o serviço de concierge 

Para contratar o serviço de concierge de moda em Paris, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá todos os detalhes importantes. Também poderá tirar possíveis dúvidas.

O primeiro passo será me informar a data da sua viagem. Depois, em conversa, você me explicará o que mais gosta de moda, para que eu possa desenvolver um cronograma adaptado, sob medida. 

Por exemplo, você quer ter uma aula de história da moda em um museu conceituado? Quer conhecer uma ou várias exposições? Quer passar por bairros fashion e ir às compras? Quer ver lojas que tenham a ver com o seu estilo e/ou marcas de tendências? Quer conhecer concept stores e/ou lojas de departamento? Quer um mix, começando por um museu e terminando nas lojas? Basta me falar, que eu montarei um itinerário único, e maravilhoso!

Uma boa dica é contratar o serviço de concierge com antecedência, assim que fechar a viagem a Paris. Em algumas temporadas, principalmente no período das férias brasileiras de julho, durante o verão francês, a minha agenda costuma ficar mais apertada.

Valeria Doustaly, concierge em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Prepare-se!

A vivência começa antes de chegar a Paris. Pode deixar que eu vou cuidar dos preparativos para que a sua viagem e o contato com a moda francesa sejam verdadeiramente incríveis.

Primeiramente, recomendo que você siga e acompanhe o Instagram do programa (@parisstyleweek) e também o meu perfil pessoal (@valeriadoustaly), para saber mais sobre mim e me conhecer melhor. Você pode acompanhar como é o meu trabalho e quais lugares eu frequento, em Paris, que podem despertar curiosidade.

Na rede social, frequentemente ofereço informações sobre outros cursos que ministro, como o material “10 Estilistas que você deve conhecer”.  Trata-se de um conteúdo relevante para se preparar antes de chegar na capital da moda. Confira aqui 10 motivos para acompanhar as aulas on-line, desenvolvidas com dados de forma didática e cronológica.

Por meio do legado de designers renomados da alta-costura, ensino sobre a evolução da história da moda. Você vai saber tudo sobre Coco Chanel, Elsa Schiaparelli, Christian Dior, Yves Saint Laurent, Hubert de Givenchy, Pierre Cardin, Karl Lagerfeld, Azzedine Alaïa, Thierry Mugler e Jean Paul Gaultier. Clique aqui e não perca a chance!

 

Categorias
Paris Style Week

La Galerie: conheça o novo museu da Dior em Paris

A maison Dior acaba de inaugurar um novo museu em Paris. Batizada de La Galerie, em forma de exibição permanente, a novidade foi inaugurada em 9 de março. Poucas pessoas já foram ao local, e eu já tive a oportunidade de conferir de perto. Melhor ainda: levei a primeira turma do Paris Style Week de 2022. O local tem luxo por todos os lados. Creio que se trata da melhor exposição de moda que vi na minha vida, até agora! Saiba mais detalhes e descubra como conhecer.

A visita

Logo após a inauguração oficial, eu tive o privilégio de visitar La Galerie com o grupo de março deste ano do Paris Style Week. Os participantes ficaram maravilhados: aprenderam sobre a Dior, tiraram fotos e viveram momentos únicos. Era fim de dia, com muita emoção. Todos adoraram!

Além de oferecer uma verdadeira aula de moda, La Galerie é um show de beleza; um choque estético! Com certeza, o museu foi pensado e desenvolvido para encantar. É impossível sair de lá sem se apaixonar pela Dior. Quem já é fã da maison vai embora gostando ainda mais.

A grife explica: “De acordo com uma narrativa cenográfica única, La Galerie Dior por si só simboliza o espírito da alta-costura parisiense tanto quanto perpetua a memória do endereço histórico, revelando modelos, croquis originais e documentos de arquivo, mas também acessórios e peças excepcionais, a maioria expostas pela primeira vez”.

Na entrada, há uma escada majestosa de mármore branco em espiral. Ao lado, em uma enorme vidraça, podemos observar mais de mil miniaturas coloridas de itens memoráveis.

Em uma parte, o chão é transparente. Através do piso, vemos uma releitura do ateliê da Dior. 

É uma exposição em que se gasta no mínimo uma hora e 15 minutos para poder conferir todos os espaços. Sem dúvidas, é melhor ir com tempo de sobra, porque vale a pena ficar pelo menos uma hora e meia.

La Galerie da Dior, com miniaturas de peças
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Paty Loureiro, Ana Huth e Valeria Doustaly
Ao meu lado, à esquerda, Ana Huth e Paty Loureiro Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Ateliê da Dior
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Sobre La Galerie Dior

A maravilhosa La Galerie Dior está localizada na Rue François Ier. Detalhe relevante: fica próxima à loja principal da marca, na famosa Avenue Montaigne. Passou por uma reestruturação durante dois anos e meio,  acompanhada de novos points, como um restaurante e um café, além da galeria.

O museu é extraordinário. Para contar quem foi Christian Dior, expõe fotos lindíssimas. Há imagens do francês ainda pequeno, em registros especiais da infância, com direito a uma árvore genealógica. Há detalhes como fotos dos pais e das irmãs do estilista, de onde eles moravam, além da empresa onde trabalhava o pai.

Depois, também é abordada a história de Christian como couturier, antes de fundar a própria marca. Ele trabalhou em outras grifes, como Piguet e Lucien Lelong. Jovem, ele fez parte de diferentes equipes.

Podemos olhar fotos até de jornal parisiense no dia em que Christian Dior faleceu: 24 de outubro de 1957. Inclusive, a exposição aprofunda em fatos que aconteceram antes e depois do falecimento.

 

A magnífica La Galerie conta não somente a trajetória da vida de Christian Dior, mas também a história marcante da marca fundada por ele.  É claro que não poderia faltar a parte do nascimento da label na Avenue Montaigne. Uma oportunidade incrível para entrar de verdade na história da grife.

Como destacou a própria label: “Tinha que ser no número 30 da Avenue Montaigne”, escreveu Christian Dior em suas memórias, publicadas em 1956. O couturier definia como um “sonho ambicioso”. Em 1946, quando tudo começou, ele empregava 85 pessoas.

“A casa Christian Dior começou com três oficinas, localizadas no sótão da avenida Montaigne, 30: um pequeno estúdio, uma sala de apresentações, uma cabine, um escritório administrativo e seis pequenos provadores”
Christian Dior, Christian Dior e Eu, 1956

 

Não posso deixar de citar que o New Look está presente na galeria. A história da criação da peça icônica é evidenciada. A silhueta Femme Fleur (mulher-flor, em tradução) foi revelada em 1947 e revolucionou a moda, sobretudo após a Segunda Guerra Mundial.

New Look
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Espaços conceituais

Cada sala é um universo, com direito a partes com foco em sons e movimentos. No ambiente de audiovisual, são exibidos vídeos de costureiros. As cores e iluminações de cada recinto variam.

Entre os espaços conceituais de La Galerie, divididos em andares, há uma área destinada exclusivamente a bordados. Também vale reparar em salas com calçados, luvas, joias, chapéus e perfumes.

Com o minucioso trabalho de Nathalie Crinière, curadora de retrospectivas da Dior, foram reunidos arquivos exclusivos. La Galerie contempla designs de todos os diretores criativos que já passaram pela maison. É claro que são expostas peças criadas por Maria Grazia Chiuri, a atual estilista que comanda a marca.

Por meio de peças de vestuário, também são mostrados exemplos de feitos deixados pelos designers Yves Saint Laurent (de 1957 até 1960), Marc Bohan (de 1960 a 1989), Gianfranco Ferrè (de 1989 a 1997), John Galliano (1997 a 2011) e Raf Simons (de 2012 até 2015). 

No entanto, La Galerie não fica apenas em fatos e valores históricos, mas também claramente tem um trabalho minucioso de marketing e de branding.

“São homenageadas as múltiplas fontes de inspiração: do esplendor dos jardins à sofisticação dos bailes, da beleza dos gestos das petites mains às afinidades artísticas, cada espaço evoca uma das muitas facetas do inestimável património que o a maison Dior valorizou desde a sua fundação e continua a enriquecer”, apontou a etiqueta.

 

Embaixadora global da Dior, a atriz Anya Taylor-Joy foi uma das pessoas privilegiadas que já fizeram um tour guiado na galeria. Com o Paris Style Week, você também pode!


Como conhecer La Galerie

Ficou com vontade de conhecer La Galerie Dior? A visita só pode ser feita com hora marcada. Venha comigo!

As inscrições para a próxima edição do Paris Style Week estão abertas. Não perca tempo!

Para obter mais informações e se inscrever, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá todos os detalhes importantes.

 

Também é essencial lembrar que Christian Dior é uma das personalidades que estão no meu curso “10 estilistas que você deve conhecer”. Por meio do legado de designers renomados da alta-costura, ensino sobre 100 anos de história e evolução fashion.

Categorias
Paris Style Week

Moda: a experiência de uma participante do Paris Style Week

O Paris Style Week é formado por pessoas que amam a moda. Mais do isso: fashionistas interessadas em viver profundamente o glamour da moda parisiense. Uma das brasileiras que já vieram fazer o meu curso, na capital francesa, é a carioca Ana Huth. Já esteve em duas edições do programa e está prestes a retornar para a próxima edição presencial, em março de 2022. Além de aluna, ela se tornou uma amiga querida. Por isso, eu a convidei para dividir detalhes da experiência no Paris Style Week.

Veja o relato!

Valeria Doustaly e Ana Huth em Paris
Ana Huth (à direita) comigo em Paris Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Ana Huth e a relação com a moda

Ana Huth mora em Niterói, no Rio de Janeiro. Apesar de atuar na área jurídica, a carioca tem uma forte relação com a moda.

“Minha ligação com a moda vem desde muito cedo, quando minha mãe abriu um  ateliê de costura, acabando por se especializar em roupas de festa. Cresci entre agulhas e linhas, mas acabei seguindo os passos do meu pai, embora não abandone tudo o que vivi e aprendi com a minha mãe”, conta ao blog.

Para ficar sempre antenada e conectada ao mundo fashion, Ana Huth tem o costume de fazer cursos sobre o segmento. Pesquisando sobre a temática, ela descobriu o Paris Style Week. Participou em setembro de 2018 e também em março de 2020.

“Estar em Paris vendo de perto o que via em revistas e fitas de VHS é um sonho. Minha mãe sempre foi muito antenada e para se manter conectada ao que era lançado na França, encomendava revistas de moda e fitas de VHS dos desfiles. Quando o material chegava, meses depois da publicação e dos desfiles, lembro de passar horas estudando cada página, cada imagem”, relembra Ana Huth. “Poder ver tudo in loco é extraordinário.”

Ana Huth em Paris
Ana Huth Ana Huth/Reprodução
Valeria Doustaly e Ana Huth, no Paris Style Week, curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


A experiência com o Paris Style Week

Para Ana Huth, o Paris Style Week é muito mais do que um curso de moda. “É puro movimento, é conhecimento transmitido durante a vivência de experiências; experiências que ocorrem conforme o cronograma das visitas programadas”, pontua. “Com o PSW, tudo que se aprende é mostrado, demonstrado, apresentado… É real. Uma experiência após a outra!”, destaca. 

Ana Huth faz questão de ressaltar que, em geral, bons professores pressupõem extremo conhecimento e habilidade para transmiti-lo, além de comprometimento com o resultado. 

“A Valeria reúne essas qualidades e muitas outras. Além de todo o profissionalismo, ela é cuidadosa com suas alunas, que dela recebem idêntico tratamento”, elogia Ana Huth.

“É fonte inesgotável de conhecimento! Ela se prepara para todas as aulas que são ministradas por ela e por terceiros, como couturiers, artesãos, etc. A Valeria não perde uma única oportunidade sequer para dividir com seus alunos mais informação”, continua.

“A Valeria uma professora extremamente generosa. E sua preocupação com o resultado é notável. Ela quer que você capte, entenda e compreenda tudo que está sendo mostrado. Ela quer que você volte para casa com a bagagem cheia de novidades, informações, cultura!”, completa Ana Huth.

Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Ana Huth com turma do Paris Style Week, em setembro de 2018 Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Março de 2020 Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Desde 2014, o Paris Style Week já recebeu mais de 20 grupos para momentos extraordinários com a moda local. Contudo, cada edição é única e exclusiva, como enfatiza Ana Huth.

“Quanto ao currículo, a Valeria o altera a cada edição, tanto é que vou repetir pela terceira vez e, com certeza, só aprender coisas novas. Além dessa renovação, a preparação do programa se dá conforme o que há de novidade no momento. Sem contar com as surpresas que só sabemos quando iniciamos nossa maratona fashion”, celebra.

Participantes do Paris Style Week
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

A última e a próxima edição

Ana Huth foi uma das pessoas que participaram da última edição do Paris Style Week, antes da pausa devido à pandemia global.

Estar em Paris em março de 2020 com PSW foi algo que vou contar para os netos. Primeiro toda a tensão que antecedeu ao curso de moda, já que só se falava em Covid-19. Abra-se um parêntesis para dizer que Valeria deixou todos os inscritos absolutamente à vontade para ir ou desistir. A maioria optou por ir e foi sensacional. Observamos todos os cuidados possíveis”, compartilha a brasileira.

O clima era tenso, não por nós alunas, tampouco por Valéria e sua assistente, mas pela falta de movimento nas ruas. Tudo estava vazio!”, lembra. “Tudo isso conferiu ao nosso roteiro mais exclusividade, diferenciação… Todos nós aguardávamos por algo e por isso tudo foi aproveitado ao extremo”.

“Nunca vi Paris daquela forma e acredito que nunca mais verei. O fato de já ter estado com PSW em outra oportunidade, me deu a dimensão real do que estava vivenciando ali naquele momento. Só posso dizer: foi histórico”, assegura Ana Huth.

Agora, Ana Huth se prepara para a próxima edição, o aguardado comeback. A brasileira acredita que também será um marco. Afinal, trata-se de um respiro depois do caos.

“Como será que a cidade vai estar? Como será que a moda reagirá de fato? Será que a atemporalidade, o conforto, a sustentabilidade, etc, vão se traduzir nas produções? Muitas perguntas e muita ansiedade. Ansiedade boa é claro”, garante.

“Afinal, se participar de um PSW já é o máximo, imagina participar de uma edição quando da declaração de pandemia e do fechamento da França (eu estava lá!) e poder voltar na primeira turma presencial pós-tormenta”, comemora.

Valeria Doustaly e Anna Huth
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Você também pode ser uma das participantes da histórica edição de retomada do Paris Style Week! Quer viver essa emoção com a moda? Para obter mais informações e se inscrever no programa de março de 2022, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá os detalhes da inscrição. Confira a programação completa!

Categorias
Arquivo Fashion Paris

Restaurante em Paris: 35 opções incríveis para conhecer

Paris é sinônimo de gastronomia. Por isso, as fashionistas que vêm à capital francesa fazem dos restaurantes locais verdadeiros points de encontro e repertório de tendências. Como moradora da cidade, eu aprecio a culinária local e não perco a oportunidade de me sentar à mesa de um bom estabelecimento, principalmente para apreciar pratos tradicionais. Por isso, separei 35 opções imperdíveis de restaurante em Paris.

Tenho uma lista enorme de restaurantes, mas consegui resumir os que eu mais frequento, em diferentes ocasiões. Entre eles, estão sugestões para um café simples; e outros mais refinados para refeições rebuscadas; assim como ambientes para ocasiões especiais, para ir com a família ou amigos. 

Alguns deles nós vamos ao longo do Paris Style Week. E outros eu recomendo porque muitas participantes do programa pedem dicas para frequentar fora do horário do curso ou da semana. Fique de olho!

Valeria Doustaly em café
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Valeria Doustaly em café
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

LouLou

O Loulou é o restaurante que fica no Musée des Arts Décoratifs (Museu das Artes Decorativas). Durante o verão, tem um dos terraços mais lindos de Paris, porque está no Jardim de Tuileries. O endereço é ótimo, ao lado do Museu do Louvre, no centro da capital francesa. Além disso, o cardápio e o atendimento são excepcionais, para qualquer horário e dia da semana.

Valeria Doustaly com filhos no restaurante LouLou
Com meus filhos no LouLou Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Costes Restaurante & Bar

Outra opção é o restaurante e bar do luxuoso Hotel Costes, que fica na Place Vendôme, no 1º arrondissement de Paris. As fashionistas adoram! Por ser muito visado, é difícil conseguir mesa, principalmente à noite. É o lugar para ver e ser visto!

Valeria Doustaly no restaurante Costes com uma amiga
Costes com uma amiga Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Kong Bar Restaurante

Quer uma opção moderna e jovial de restaurante em Paris? O Kong é bastante badalado! O bar e restaurante oferece balada, além de comida com inspiração asiática. Não posso deixar de falar da vista maravilhosa! Para subir no local, é preciso pegar um elevador.


Le Fumoir

Que tal um local para tomar um café ou um drink no fim do dia? A sugestão perfeita é o Le Fumoir, localizado em frente a uma parte do Louvre. A decoração é muito especial. Um ambiente bem local, cheio de parisienses.

 

L’Avenue

Localizado na Avenue Montaigne, no Triângulo de Ouro, o L’Avenue é com certeza o point das fashionistas para almoços. Um dos fatos que contribuem para a fama é a presença frequente de grandes nomes e diretores da Dior, devido à proximidade com a sede da maison.

Turma de março 2019 do Paris Style Week no restaurante L'Avenue
Turma de março 2019 do Paris Style Week no restaurante L’Avenue Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Café Français

Apesar do nome, o Café Français é um restaurante. E dos melhores! Eu vou sempre, já que fica em frente à Opéra Bastille. Eu recomendo para quem está passeando pelo famoso bairro Marais. A melhor parte é que todos os pratos são antecedidos por uma minibaguete quentinha, com uma manteiga sensacional; melhor do que qualquer outra refeição!

Café Français
Café Français Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Carette Paris

Um dos meus preferidos, sem dúvidas é o Carette, que inclusive tem uma unidade perto da minha casa, em Paris. Tudo é impecável e delicioso, seja para um café ou um almoço rápido. Uma boa pedida são as saladas e os sanduíches. Para completar, o ambiente é bem característico francês.

Valeria Doustaly com uma amiga no Carette
Com uma amiga no Carette Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


L’Oiseau Blanc

Sabe aquela ocasião extremamente especial? O local para comemorar é o L’Oiseau Blanc, que fica no rooftop do hotel de luxo The Peninsula. Por isso, trata-se de uma opção cara. Escolha se a ideia for uma noite inesquecível! Com um chef renomado, o restaurante tem pratos da culinária tradicional francesa, e ainda com direito a uma vista espetacular da Torre Eiffel. 


François Félix

Está à procura de diversão? O François Félix é um ambiente bem simpático, onde os garçons usam saias. Eu levo muito os grupos do Paris Style Week ao local. Fica na esquina da Hermès, na rua Saint-Honoré, uma região super fashion.


La Palette

O happy hour da Rive Gauche (metade sul de Paris) é no La Palette. Todo mundo que quer se encontrar para tomar uma cervejinha no fim do dia está lá! Apesar de não ser nada pretensioso, é um bom lugar para um encontro informal e descontraído.


Café de Flore

O Café de Flore dispensa apresentações. Ícone da capital francesa, o espaço é parada obrigatória na avenida Boulevard Saint-Germain. Você não pode vir a Paris e deixar de passar por lá!

Café de Flore
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Em Paris, Valeria Doustaly no Café de Flore
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Les Deux Magots Café Restaurante

Assim como o Café de Flore, o restaurante Les Deux Magots, que fica ao lado, é imperdível. São endereços icônicos. Em ambos, pode-se tomar café, mas também vale a pena almoçar ou jantar, para quem quer pratos simples e de qualidade. Os lugares são ideais para ver gente passando na rua! Curtir e respirar Paris!


Brasserie Lipp

A Brasserie Lipp é para quem quer comer bem! E o melhor: pratos típicos franceses. Histórico, o restaurante tem mais de 140 anos de história e representa o savoir vivre francês. Há uma cozinha de verdade, com ingredientes frescos que vão para pratos bem servidos. Vale a pena sentar e ficar durante horas! Além disso, por lá, é possível encontrar celebridades.


Ralph’s Paris

Embora não seja um restaurante tipicamente francês, o Ralph’s é uma boa pedida. Fundado por ninguém menos que o estilista Ralph Lauren, o restaurante oferece comida norte-americana. O melhor hambúrguer de Paris. Além disso, o espaço tem um jardim de tirar o fôlego!

Ralph's Paris
Ralph’s Ralph's/Reprodu


Monsieur Bleu

O restaurante Monsieur Bleu tem uma decoração linda. Aconchegante tanto para o dia quanto para a noite. A dica é pedir uma mesa com vista para a Torre Eiffel.


Angelina

Conhecido pelo melhor chocolate quente de Paris, o Angelina não poderia faltar. Você, inclusive, pode comprar e levá-lo para casa. Há várias unidades do estabelecimento pela cidade. No entanto, sempre com filas de espera. Vá com paciência! Vale a pena!

Valeria Doustaly no Angelina
Angelina Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Matsuhisa

O melhor restaurante japonês em Paris é o Matsuhisa. Fica no hotel Le Royal Monceau – Raffles Paris. Lindíssimo, o local é bem decorado. A experiência gourmet também tem um toque da culinária peruana.


Pink Mamma

Curioso seria eu sugerir um restaurante ao qual eu nunca fui, mas todas as minhas amigas falam muito bem do Pink Mamma. Posso recomendar! E logo irei também.

Pink Mamma
Pink Mamma Pink Mamma

Bonaparte Restaurante

No típico estilo brasserie, Le Bonaparte está em um local muito concorrido. O nome é uma homenagem à rua Bonaparte, onde fica o estabelecimento. Um clássico da Rive Gauche!


Café de l’Esplanade

O Café de l’Esplanade é para quem gosta de ambientes chiques! Tem uma vista muito bela, tanto no terraço quanto no ambiente interno.


Le Coq

O Le Coq fica na Praça do Trocadero. Faz parte do cronograma do Paris Style Week desde a primeira edição. É onde almoçamos no primeiro dia da semana. Eles preparam uma mesa grande e divertida. Com um cardápio maravilhoso, todas as brasileiras adoram! 


Baez

Esta é uma dica valiosa para quem quer comer a melhor carne de Paris. O Baez é o melhor restaurante argentino da França, eu diria. Sensacional! Como vocês sabem, eu sou argentina, e preciso comer comida argentina de vez em quando. E esse é o local ideal. Garanto!


Café Lapérouse

Esta é uma novidade das boas! O Café Lapérouse faz parte da renovação do Hôtel de la Marine. Ótima sugestão para café, brunch ou almoço. É necessário fazer reserva, já que há poucas mesas.



Miss Ko

Aqui vai uma recomendação para quem ama comida japonesa. O badalado Miss Ko está localizado ao lado da Champs-Élysées. No fim da noite, ainda rola dança!


Chez l’Ami Louis

O Chez l’Ami Louis é um tradicional bistrô francês. Para ir, é preciso reservar com muita antecedência. Trata-se de uma verdadeira experiência gastronômica. Inesquecível!


Le Nemours

O Le Nemours fica na frente da Comédie Française. Gosto muito de ir antes ou depois do teatro. É um endereço muito interessante e cêntrico, logo atrás do Palais Royal. Foi ali onde se filmou o longa O Turista, com Angelina Jolie e Johnny Depp. Já era conhecido, mas tem todo o charme para quem assistiu ao filme e lembra das cenas.


Coco

Com um terraço lindo e decoração marcante, o Coco é uma boa pedida tanto para o verão quanto para o inverno. Tem que fazer reserva, porque é muito concorrido. A melhor parte é que é o restaurante da Opéra Garnier.

Valeria Doustaly na Ópera Garnier
Ópera Garnier, perto do restaurante Coco Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Restaurante Le George

Localizado no Centro Georges Pompidou, o restaurante Le George é fantástico, com uma vista única da cidade. Eu prefiro ir no verão, porque é possível ficar fora. Sem falha!


Mini Palais

Você sabia que o Grand Palais tem um restaurante muito especial? É o Mini Palais. O melhor é visitá-lo, sobretudo quando o edifício está com grandes mostras em cartaz. Nada como conferir as exposições e depois almoçar ou jantar no Mini Palais. Na entrada e na saída, vemos a ponte Alexandre III, uma das mais bonitas de Paris.

Mini Palais
Mini Palais Mini Palais/Reprodução

Gigi Paris

Este guia tem que ter novidades, é claro. Recém-inaugurado, o Gigi está localizado na famosa Avenue Montaigne. Tem uma vista maravilhosa para a Torre Eiffel. Para subir, vamos de elevador!

 

Café Marly

A tradição também é importante. Clássico, o Café Marly é o único que fica na Cour Carrée, do Museu do Louvre. Ou seja, muito especial, com vista para a emblemática pirâmide.

Bambini

Pizza em Paris! Que tal? Temos no restaurante Bambini, que fica no Palais de Tokyo. Para ficar ainda melhor: é um point fashion, em frente ao Palais Galliera, conhecido como Museu da Moda de Paris.

Restaurante Bambini Paris
Bambini Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Restaurante Bambini Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Restaurante Bambini Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Caffè Artcurial

Aqui vai uma verdadeira dica de insider! Quando recomendo o Caffè Artcurial , ninguém ouviu falar! É um pequeno estabelecimento, que fica dentro da casa de leilões Artcurial. Uma pérola escondida na Champs-Elysées. Super chique! Vale a pena descobrir. A comida é italiana, com opções veganas.

Caffè Artcurial
Caffè Artcurial Artcurial/Reprodução

 

Les Éditeurs

Com milhares de livros em estantes na decoração, o Les Éditeurs está na Rive Gauche. É um ambiente caloroso, com mesas próximas e barulho de gente; sem muita cerimônia. Perfeito para ir antes ou depois do cinema. O clima extrovertido e francês deixa tudo mais leve.

Les Éditeurs
Les Éditeurs Les Éditeurs/Reprodu

La Tour d’Argent

Para fechar com chave de ouro, este é o restante mais caro da lista: La Tour d’Argent. Reserve com antecedência para uma ocasião excepcional. Especialista em pato, o estabelecimento tem vista para o rio Sena. O serviço à francesa engloba todos os passos necessários de etiqueta para uma refeição típica e luxuosa.

La Tour d’Argent, restaurante em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Lista completa com dicas de restaurante em Paris

Atendendo a pedidos, resolvi fazer um guia inédito com os mais icônicos pontos de restaurante em Paris, sobretudo para quem gosta de moda. De forma organizada, elenquei os estabelecimentos com bastantes informações e fotos.

Você terá a lista na íntegra, com todos os endereços e telefones para fazer reserva. Espero que aproveite a lista e curta em Paris! Não tem erro. São restaurantes que não vão sair de moda!

Para ter acesso ao conteúdo completo, é muito fácil. Basta clicar aqui e fazer o download do PDF. Aproveite!

Deixe nos comentários aquele restaurante que você adora e eu não coloquei! Vamos compartilhar experiências. Bom apetite!

Categorias
Alta Costura

19M: detalhes sobre a sede do Métiers d’Art da Chanel

A abertura oficial do 19M da Chanel aconteceu neste fim de ano, na capital francesa. Eu já fui conferir de perto e não poderia deixar de compartilhar detalhes da experiência. Sabe por quê? A minha próxima turma presencial do Paris Style Week, em março de 2022, terá o privilégio de uma visita exclusiva e incrível ao local.

O moderno edifício contempla ateliês especializados em bordados, flores, plumas e joias, entre outros ramos. Trata-se da sede do Métiers d’Art da maison, ou seja, as profissões de arte, que estão por trás das criações de alta-costura e representam o handmade.

19M da Chanel

Segundo a própria maison Chanel, a fundadora Coco Chanel entendeu que o seu trabalho teria mais significado se ela trabalhasse com artesãos. E essa ideia valorosa sempre permaneceu na casa de luxo.

Não à toa, a grife desenvolveu o complexo para abrigar os ateliês que trabalham para a haute couture. O 19M comporta mais de 600 artesãos de diferentes áreas. Alinhado com os valores da Chanel, o espaço foi pensado para que os profissionais se sintam acolhidos, confortáveis e respeitados.

Quer saber o significado do nome? Em discurso, Bruno Pavlovsky, presidente de moda da Chanel, explicou: “M é de Métiers d’Art, M de moda, M de mão, e M de maison e manufatura, mostrando a nossa união absoluta com os artesãos. E 19 porque estamos no 19º arrondissement e porque é o dia em que Gabrielle Chanel nasceu”, detalhou o executivo.

19M da Chanel
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Edifício 19M, da Chanel, em Paris
Chanel/Divulgação

Os ateliês e o artesanato

O 19M reúne 10 das casas especializadas da divisão Paraffection, criada em 1997 pela Chanel para compilar todas as suas marcas de Métiers d´Art. Atualmente, engloba cerca de 25 empresas diferentes e seus arquivos históricos. 

No local, estão funcionando as casas de bordado Lesage, o ateliê Montex e MTX, o seu departamento de decoração, Lemarié (flores e plumas), Massaro (sapateiro), Maison Michel (chapelaria), Lognon (pregas) e Goossens (ourives).

Não é um lugar qualquer. Todos os ambientes do 19M são muito especiais. É um lugar único no mundo. Todo o prédio é destinado a enaltecer o artesanato, que é o trabalho mais importante da moda, pois nenhuma máquina pode substituir as técnicas manuais. 

O objetivo do 19M é preservar e desenvolver o savoir-faire dos artesãos e de suas obras. Afinal, trata-se de um segmento que deve ser passado por muitas gerações da história da Chanel e das marcas parceiras. Um verdadeiro e indispensável legado.

Bordado Lesage
Paul Lehr/Lesage/Chanel/Divulgação
Plumas Lemarié
Paul Lehr/Lemarié/Chanel/Divulgação
Bordado Lesage
Paul Lehr/Lesage/Chanel/Divulgação
Flores Lemarié
Paul Lehr/Lemarié/Chanel/Divulgação

 

Vale destacar que, na moda sustentável, o 19M tem muito valor. Não somente pelo foco no artesanato e em relação à área de recursos humanos e da valorização dos funcionários, mas também como um prédio novo que foi desenvolvido para cumprir critérios ecológicos, como o uso de menos energia. O design foi idealizado para que entre luz natural em todos os andares. Também há um jardim interior.

O projeto do 19M é do arquiteto francês Rudy Ricciotti; fato que logo me fez lembrar do Mucem (Museu da Civilização da Europa e do Mediterrâneo), que fica em Marseille e também foi projetado por ele. O jogo de sombras das estruturas, que são similares, deixa tudo mágico.

Situado no bairro Porte d’Aubervilliers, o edifício 19M tem 25 mil metros quadrados, planejados sob medida. Com 24 metros de altura, divididos em um complexo de cinco andares, a estrutura externa é feita com cimento e tecidos entrelaçados.

Miniatura 19M
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
19M, da Chanel, em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
19M
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Como conhecer o 19M pessoalmente

A entrada no prédio é extremamente limitada e exclusiva. Por isso, conhecer o 19M é uma oportunidade imperdível. E você pode ter a chance de visitar o edifício icônico e rebuscado, em Paris, comigo! Basta se inscrever na próxima edição presencial do meu programa Paris Style Week.

A programação, que acontecerá de 14 a 18 de março de 2022, incluirá diversas experiências de moda, em meio ao glamour parisiense. Entre em contato pelo e-mail [email protected] para ter os detalhes da inscrição.

Categorias
Paris Style Week

Paris Style Week: curso de moda com inscrições abertas para 2022

Lá vamos nós, com energia total! Teremos o aguardado comeback, para arrasar na capital francesa! Em 2022, o Paris Style Week presencial voltará com tudo.

O programa foi criado como um curso de moda e estilo, com cinco dias de experiências exclusivas no glamour parisiense. Desde 2014, já recebi mais de 20 grupos. Trata-se de uma oportunidade incrível para as brasileiras que amam a moda. E tudo em português!

Desde o início, as atividades incluem masterclasses; workshops; visitas guiadas e comentadas a museus; idas a lojas de luxo e ateliês; além de contato com novos designers e personalidades do mundo fashion. Imperdível para quem quer descobrir o que há de melhor na moda francesa!

Para a próxima edição, que acontecerá fisicamente de 14 a 18 de março de 2022, preparei um cronograma sensacional. Venha a Paris e volte inspirada ao Brasil! Além de aprender sobre história da moda, estilo e luxo, viva o lifestyle francês!

Hotel Plaza Athénée
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

DIA 1 – segunda-feira
Paris Style Week

A abertura do Paris Style Week acontece no hotel de luxo Plaza Athénée, que é considerado o hotel das fashionistas. Localizado na Avenue Montaigne, o hotel fica imerso no glamour parisiense. No local, será o nosso primeiro contato. O grupo é recebido com um café da manhã especial, com comidas típicas francesas. Apresentarei detalhadamente tudo que faremos ao longo da semana.

Logo depois, teremos a masterclass Luxo e Sustentabilidade, que é o tema do momento. Explicarei como as marcas de luxo se posicionam em relação à moda ecologicamente responsável. Esse será o seu ponto de partida para iniciar a semana com mais bagagem de moda, e fazer cada minuto valer a pena.

Já no primeiro dia de Paris Style Week, você também terá a chance de tirar a clássica foto na Torre Eiffel. Isso antes de seguir para o próximo destino: o edifício 19 M, que é a recém-inaugurada sede do Métiers d’Art da Chanel. Um lugar magnífico e de muito prestígio, com acesso limitado! Por lá, a marca concentra todo o legado de artesanato e técnicas de trabalho manual para as coleções, principalmente as de alta-costura. Nós teremos acesso exclusivo a um dos ateliês da maison. 

Para fechar o dia com chave de ouro, iremos à Galeries Lafayette, clássica loja francesa de departamentos, que abriga milhares de marcas. Entre elas, Armani, Dior, Balenciaga, Burberry, Bulgari e Celine, entre outras.O espaço passou por uma recente renovação e está de cara nova. Nossa visita será acompanhada pela diretora de comunicação da label – o que deixará a experiência mais personalizada. Com direito a compras únicas e belas fotos no rooftop do local, você terá um momento de pura diversão, sofisticação e magia.

Hotel Plaza Athénée
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 2 – terça-feira

O segundo dia  de Paris Style Week é concentrado no famoso Palais Royal, um ponto tradicional no 1º arrondissement Paris, com direito a jardins pacatos e galeria comercial, cheia de lojas. No pátio interno, está a obra Les Deux Plateaux, mais conhecida como Colonnes de Buren. Desenvolvida pelo artista francês Daniel Buren, a instalação de arte é perfeita para cliques instagramáveis.

No mesmo bairro, passaremos pela charmosa Galerie Vivienne e pela serena Place des Victoires. Apesar de estar no centro turístico da cidade, o local é pouco conhecido. Calmo, charmoso e repleto de história, o bairro do Palais Royal – tipicamente francês – concentra comércios que vendem roupas, acessórios e perfumaria, além de utensílios inusitados, como echarpes e cachimbos dignos de colecionadores, por exemplo.

Em seguida, preparei uma oportunidade exclusiva. Visitaremos um grand couturier, ou seja, um grande costureiro, que está no grupo seleto de membros permanentes da alta-costura, parte da Federação Francesa de Alta-Costura e da Moda. Com cerca de 30 anos de expertise, ele vai nos mostrar, por meio de criações próprias, na prática, o que é a alta-costura. Vale destacar que se trata do segmento mais rebuscado e artesanal da moda!

Que tal conferir de perto uma exposição icônica? No Musée des Arts Décoratifs (Museu das Artes Decorativas), veremos uma exibição temporária que homenageia Thierry Mugler, um dos designers mais ousados de todos os tempos. A mostra, que está em cartaz pela primeira vez em Paris, consiste em uma retrospectiva inédita do trabalho do estilista. As peças expostas são de 1973 a 2014, com foco nos anos 1990. 

Parte da exposição Thierry Mugler - Couturissime
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 3 – quarta-feira

O glamour e o aprendizado de moda continuam! No terceiro dia, o foco será o sublime Museu Yves Saint Laurent. Com uma visita guiada particular, o grupo do Paris Style Week terá a chance de entrar no ambiente antes da abertura oficial para o público. O local comporta exposições temporárias.

Fundado no fim de 2017, o museu fica onde era o ateliê do estilista Yves Saint Laurent, um dos mais renomados do mundo. Na 5 Avenue Marceau, o designer passou quase trinta anos desenhando coleções, de 1974 a 2002. 

Próxima parada: Avenue Montaigne, parte do famoso Triângulo de Ouro, juntamente com a Avenue Georges V e a Avenue Champs Elysées. Entre os endereços de Paris, essas avenidas representam o que há de mais refinado e seletivo.

No local, estão lojas de grifes que constituem o esplendor da moda francesa. Vamos entrar em butiques de marcas renomadas, como Givenchy, Louis Vuitton e Chloé. Sabe aquele momento para tornar sonho em realidade? Prepare-se para viver, de verdade, o luxo francês!

Vestidos Mondrian no Museu Yves Saint Laurent, em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 4 – quinta-feira 

E tem mais programação! Começamos na Place Vendôme, com a apresentação de uma prestigiosa joalheria francesa. Logo depois, iremos para a Rive Gauche, área do lado esquerdo do rio Sena. A região é tradicional e queridinha das francesas. Se você tem vontade de vivenciar o cotidiano parisiense, este é o point!

Um ótimo lugar para ver a rotina real dos nativos. Trata-se da conhecida localização do Café de Flore, uma das atrações mais marcantes de Paris, situado no bairro literário e intelectual de Saint-Germain-des-Prés.

Em um passeio repleto de informação de moda, vamos conferir tendências de marcas consagradas. Entre elas, está a elegante Saint Laurent. A primeira boutique Rive Gauche de YSL, fundada em 1966 no local, foi inaugurada para comercializar a linha prêt-à-porter do estilista e fundador da label. 

Outro destino será um espaço físico da marca Zadig & Voltaire, com DNA boêmio e requintado. Especializada sobretudo em perfumes, a Carven também estará no cronograma. Para complementar, não poderiam faltar marcas estrangeiras e modernas, que são amadas pelas francesas. Pararemos em lojas das etiquetas britânicas The Kooples e Paul Smith.

Café de Flore, em Paris, parte do Paris Style Week
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Valeria Doustaly em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

DIA 5 – sexta-feira
Paris Style Week

Já pensou em passar um dia em Le Marais? Chegou a hora, com o Paris Style Week! Começamos o dia na Fundação Azzedine Alaïa, com sede onde era o ateliê e a casa do estilista. O local funciona como um museu que sempre tem novas exposições temporárias.

Localizado no 4º arrondissement de Paris, o bairro é famoso pelas lojas vintage. Verdadeiros tesouros fashion podem ser encontrados por lá! Você verá os brechós mais admirados e frequentados pelas francesas. Além disso, quer ter contato com marcas conceituais? É para já! Vamos passar também por várias concept stores.

A moda também se reflete no ramo da beleza. Por isso, maquiagem e cosméticos não ficam de fora. No último dia de programa, teremos uma experiência incrível com uma marca extremamente renomada no segmento de beauté. Preparada para as descobertas sobre as últimas tendências de makeup? Venha comigo!

No último dia, além de uma surpresa preparada por mim, as participantes receberão o certificado de conclusão do curso. Teremos uma semana fascinante, com muito conteúdo e experiências de moda. Embarque nesta aventura fashion! À bientôt!

Valeria Doustaly em Le Marais
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Fundação Azzedine Alaïa
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Não deixe de conferir depoimentos de participantes de edições anteriores. No Instagram @parisstyleweek, há um destaque com relatos maravilhosos! Na rede social, sempre compartilho registros de momentos memoráveis do programa.

Para obter mais informações e se inscrever no Paris Style Week de março de 2022, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá os detalhes da inscrição.

Valeria Doustaly, criadora do Paris Style Week
Valeria Doustaly, idealizadora do Paris Style Week Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Categorias
Valeria Doustaly

Valeria Doustaly: moda, estilo e consultoria de imagem


Bem-vindos e bem-vindas ao Paris Style Week! Eu sou Valeria Doustaly; prazer! Estou muito animada com a oportunidade de usar este espaço para compartilhar experiências e proporcionar conhecimento. Logo mais, o blog estará recheado de posts sobre moda, estilo e consultoria de imagem. Mas, antes disso, preciso me apresentar e dividir a minha trajetória. É muito importante que vocês me conheçam bem. Vamos lá!

Valeria Doustaly na Galeries Lafayette
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week Sou Valeria Doustaly, a idealizadora do Paris Style Week

Valeria Doustaly: começo de tudo na Argentina

Sou argentina. Se você me acompanha pelas redes sociais, principalmente no Instagram, já deve ter reparado no meu sotaque, certo? Nasci em Buenos Aires. Por isso, a minha língua materna é o espanhol, mas também falo inglês e francês, além do português.

Sou formada em marketing pela Universidade Argentina da Empresa. Fiz mestrado em administração estratégica na Universidade de Belgrano. Também desenvolvi uma segunda carreira, em publicidade. Comecei em uma agência de propaganda. Depois, trabalhei para grandes empresas de cosméticos e do luxo mundial, como a L’Oréal. 

Valeria Doustaly em café de Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week Valeria Doustaly: sou argentina e moro em Paris

Brasil, país do coração

Não é segredo que tenho uma ligação forte com o Brasil, onde fui morar em 1996! Foi onde eu comecei a trabalhar como consultora de imagem. Isso, com certeza, mudou a minha vida. Morei mais de 10 anos entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Nunca deixei de trabalhar com marketing, em diversas áreas, sempre em empresas multinacionais. Com a consultoria de imagem, realizo workshops no mundo corporativo sobre a importância da imagem profissional. O trabalho não é apenas sobre estética; consiste na valorização de características pessoais, que vão desde a personalidade até o comportamento e a comunicação. Iniciei, obviamente, de mãos dadas, o trabalho com a moda, que é uma ferramenta essencial do trabalho. 

Desde então, consolidei uma base essencial no Brasil. Tenho muitas clientes, alunas e amigas brasileiras. Quase uma brasileira, né?! Eu diria: Valeria Doustaly, uma brasileira de coração!


O início do Paris Style Week

Em 2004, começou uma nova etapa da minha trajetória. Mudei-me para a França. Amo Paris, a cidade que respira moda! Costumo dizer que Paris é o meu playground. É onde tenho tudo que preciso. Sou adepta do glamour parisiense. 

Na capital francesa, em 2014, fundei o programa Paris Style Week, que começou como um curso para descobrir o melhor da moda na Cidade Luz. Realizado em cinco dias, presencialmente, o projeto inclui experiências junto a ateliês, designers, jornalistas e exposições; sempre com visitas a diferentes bairros relevantes para a moda. Foi com a iniciativa que pude potencializar a minha jornada como empreendedora.

Até 2020, participaram do Paris Style Week 22 grupos, em português, com uma média de 10 pessoas cada turma, na capital francesa. Quando chegou a pandemia, passei a oferecer cursos on-line, focados na história da moda e no mercado de luxo. Foi uma maneira de proporcionar uma viagem a Paris, mas sem sair de casa. Em tempos de distanciamento social, a alternativa virtual foi muito bem recebida.

Também comecei a expandir o curso para outros idiomas. Até hoje, já participaram falantes de espanhol, de lugares como México, Colômbia, Argentina, Colômbia, Paraguai, Chile, Espanha; assim como em inglês, com pessoas dos Estados Unidos, da Inglaterra, e também da Ásia, de países como Singapura e Filipinas. O curso é realmente internacional. E não posso deixar de destacar que o Paris Style Week também é Valeria Doustaly; sou eu!

Valeria Doustaly na Torre Eiffel
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week Moro em Paris, a cidade que respira moda
Participantes do Paris Style Week na Torre Eiffel
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week O Paris Style Week foi criado em 2014

Associação internacional dos Consultores de Imagem (AICI)


Desde 2012, eu sou membro da Associação Internacional de Consultores de Imagem (AICI). Trata-se da principal associação profissional de consultores de imagem pessoal e corporativa do mundo! Na instituição, passei por vários cargos de liderança, que me fizeram, entre outras atribuições, organizar em 2019 a Conferência Mundial de Consultores de Imagem, na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, onde estiveram presentes cerca de 350 consultoras de imagem.

Vale destacar que sou certificada como CIP (Certified Image Professional). Atualmente, sou vice-presidente da associação; cargo que ocupo pela segunda vez. Sou responsável pela organização da Conferência Mundial de Consultores de Imagem do ano de 2023.

Tenho a alegria de contar que a AICI já me deu dois importantes prêmios internacionais. Em 2019, recebi o Prêmio do Presidente, que é escolhido no fim do mandato do presidente e dados a indivíduos que ele considera ter feito uma contribuição significativa para o crescimento da associação. Fui condecorada pelo meu comprometimento. Nada mais gratificante.

Para completar a minha alegria, em 2021, pelo trabalho realizado com o Paris Style Week, recebi o Prêmio Jane Segerstrom. Foi um reconhecimento para o meu curso, por ser uma iniciativa global e ter difundido a história da moda para a consultoria de imagem. Que honra ser a idealizadora de um curso premiado internacionalmente!

Valeria Doustaly segurando flores
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Mais sobre Valeria Doustaly

Com Jean Pierre, tenho dois filhos lindos, Olivier e Christophe, de 21 e 19 anos. Eles são tudo para mim. Ambos nasceram no Rio de Janeiro. Seguem carreira na engenharia e moram em Londres. 

Sou fascinada por elegância e criatividade. Todos os meus sonhos têm uma relação com a beleza em seu mais amplo significado, com a estética visual. 

Admiro lugares lindos, em diferentes cidades do mundo. Amo fazer viagens. Conhecer muitos pedacinhos do globo me motiva. Sou encantada por diferentes culturas.

A minha cidade preferida no mundo é Paris. Aqui, acordo feliz todos os dias. A cidade combina com a minha paixão profissional, que é a moda. 

Valeria Doustaly e filhos
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week Meus filhos: Christophe (esquerda) e Olivier (direita)

Relação intensa com a moda


O meu relacionamento com a moda é antigo. Minha mãe e avó eram fashionistas de carteirinha. Elas eram muito ligadas à moda. Foi inevitável que elas passassem o amor pelo mundo fashion para mim. Na juventude, fui modelo. Depois, a relação só cresceu.

Eu acredito no poder da moda. Engana-se quem pensa que é um segmento fútil. A moda tem a ver com glamour e luxo, sim. Mas também edifica vidas, pela transformação positiva da autoestima. 

A moda pode fazer qualquer pessoa se sentir melhor. Na vida, o que realmente importa é isto: fazer de tudo para se sentir bem e ser feliz. Pode-se dizer que a moda tem uma conexão direta com o prazer pessoal. Consequentemente, com certeza, a moda está ligada à felicidade.

Não quero pensar em como estarei daqui a 10 anos, mas tenho uma certeza: ainda estarei conectada com a moda. Acredito em buscar a felicidade no hoje. Vivo intensamente, um dia após o outro. Tenho um plano de longo prazo, mas estou passando por uma fase da minha vida em que estou focando em ser feliz a curto prazo. 

O meu desejo é consolidar este blog como uma plataforma para ensinar e dividir com vocês a minha vivência com a moda na capital francesa. Vamos juntas?

Sorrindo
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Valeria Doustaly em estação de metrô em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week