Categorias
Paris Style Week

Moda: a experiência de uma participante do Paris Style Week

O Paris Style Week é formado por pessoas que amam a moda. Mais do isso: fashionistas interessadas em viver profundamente o glamour da moda parisiense. Uma das brasileiras que já vieram fazer o meu curso, na capital francesa, é a carioca Ana Huth. Já esteve em duas edições do programa e está prestes a retornar para a próxima edição presencial, em março de 2022. Além de aluna, ela se tornou uma amiga querida. Por isso, eu a convidei para dividir detalhes da experiência no Paris Style Week.

Veja o relato!

Valeria Doustaly e Ana Huth em Paris
Ana Huth (à direita) comigo em Paris Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Ana Huth e a relação com a moda

Ana Huth mora em Niterói, no Rio de Janeiro. Apesar de atuar na área jurídica, a carioca tem uma forte relação com a moda.

“Minha ligação com a moda vem desde muito cedo, quando minha mãe abriu um  ateliê de costura, acabando por se especializar em roupas de festa. Cresci entre agulhas e linhas, mas acabei seguindo os passos do meu pai, embora não abandone tudo o que vivi e aprendi com a minha mãe”, conta ao blog.

Para ficar sempre antenada e conectada ao mundo fashion, Ana Huth tem o costume de fazer cursos sobre o segmento. Pesquisando sobre a temática, ela descobriu o Paris Style Week. Participou em setembro de 2018 e também em março de 2020.

“Estar em Paris vendo de perto o que via em revistas e fitas de VHS é um sonho. Minha mãe sempre foi muito antenada e para se manter conectada ao que era lançado na França, encomendava revistas de moda e fitas de VHS dos desfiles. Quando o material chegava, meses depois da publicação e dos desfiles, lembro de passar horas estudando cada página, cada imagem”, relembra Ana Huth. “Poder ver tudo in loco é extraordinário.”

Ana Huth em Paris
Ana Huth Ana Huth/Reprodução
Valeria Doustaly e Ana Huth, no Paris Style Week, curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


A experiência com o Paris Style Week

Para Ana Huth, o Paris Style Week é muito mais do que um curso de moda. “É puro movimento, é conhecimento transmitido durante a vivência de experiências; experiências que ocorrem conforme o cronograma das visitas programadas”, pontua. “Com o PSW, tudo que se aprende é mostrado, demonstrado, apresentado… É real. Uma experiência após a outra!”, destaca. 

Ana Huth faz questão de ressaltar que, em geral, bons professores pressupõem extremo conhecimento e habilidade para transmiti-lo, além de comprometimento com o resultado. 

“A Valeria reúne essas qualidades e muitas outras. Além de todo o profissionalismo, ela é cuidadosa com suas alunas, que dela recebem idêntico tratamento”, elogia Ana Huth.

“É fonte inesgotável de conhecimento! Ela se prepara para todas as aulas que são ministradas por ela e por terceiros, como couturiers, artesãos, etc. A Valeria não perde uma única oportunidade sequer para dividir com seus alunos mais informação”, continua.

“A Valeria uma professora extremamente generosa. E sua preocupação com o resultado é notável. Ela quer que você capte, entenda e compreenda tudo que está sendo mostrado. Ela quer que você volte para casa com a bagagem cheia de novidades, informações, cultura!”, completa Ana Huth.

Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Ana Huth com turma do Paris Style Week, em setembro de 2018 Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Grupo do Paris Style Week, curso de moda
Março de 2020 Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Desde 2014, o Paris Style Week já recebeu mais de 20 grupos para momentos extraordinários com a moda local. Contudo, cada edição é única e exclusiva, como enfatiza Ana Huth.

“Quanto ao currículo, a Valeria o altera a cada edição, tanto é que vou repetir pela terceira vez e, com certeza, só aprender coisas novas. Além dessa renovação, a preparação do programa se dá conforme o que há de novidade no momento. Sem contar com as surpresas que só sabemos quando iniciamos nossa maratona fashion”, celebra.

Participantes do Paris Style Week
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

A última e a próxima edição

Ana Huth foi uma das pessoas que participaram da última edição do Paris Style Week, antes da pausa devido à pandemia global.

Estar em Paris em março de 2020 com PSW foi algo que vou contar para os netos. Primeiro toda a tensão que antecedeu ao curso de moda, já que só se falava em Covid-19. Abra-se um parêntesis para dizer que Valeria deixou todos os inscritos absolutamente à vontade para ir ou desistir. A maioria optou por ir e foi sensacional. Observamos todos os cuidados possíveis”, compartilha a brasileira.

O clima era tenso, não por nós alunas, tampouco por Valéria e sua assistente, mas pela falta de movimento nas ruas. Tudo estava vazio!”, lembra. “Tudo isso conferiu ao nosso roteiro mais exclusividade, diferenciação… Todos nós aguardávamos por algo e por isso tudo foi aproveitado ao extremo”.

“Nunca vi Paris daquela forma e acredito que nunca mais verei. O fato de já ter estado com PSW em outra oportunidade, me deu a dimensão real do que estava vivenciando ali naquele momento. Só posso dizer: foi histórico”, assegura Ana Huth.

Agora, Ana Huth se prepara para a próxima edição, o aguardado comeback. A brasileira acredita que também será um marco. Afinal, trata-se de um respiro depois do caos.

“Como será que a cidade vai estar? Como será que a moda reagirá de fato? Será que a atemporalidade, o conforto, a sustentabilidade, etc, vão se traduzir nas produções? Muitas perguntas e muita ansiedade. Ansiedade boa é claro”, garante.

“Afinal, se participar de um PSW já é o máximo, imagina participar de uma edição quando da declaração de pandemia e do fechamento da França (eu estava lá!) e poder voltar na primeira turma presencial pós-tormenta”, comemora.

Valeria Doustaly e Anna Huth
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Você também pode ser uma das participantes da histórica edição de retomada do Paris Style Week! Quer viver essa emoção com a moda? Para obter mais informações e se inscrever no programa de março de 2022, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá os detalhes da inscrição. Confira a programação completa!

Categorias
Alta Costura

19M: detalhes sobre a sede do Métiers d’Art da Chanel

A abertura oficial do 19M da Chanel aconteceu neste fim de ano, na capital francesa. Eu já fui conferir de perto e não poderia deixar de compartilhar detalhes da experiência. Sabe por quê? A minha próxima turma presencial do Paris Style Week, em março de 2022, terá o privilégio de uma visita exclusiva e incrível ao local.

O moderno edifício contempla ateliês especializados em bordados, flores, plumas e joias, entre outros ramos. Trata-se da sede do Métiers d’Art da maison, ou seja, as profissões de arte, que estão por trás das criações de alta-costura e representam o handmade.

19M da Chanel

Segundo a própria maison Chanel, a fundadora Coco Chanel entendeu que o seu trabalho teria mais significado se ela trabalhasse com artesãos. E essa ideia valorosa sempre permaneceu na casa de luxo.

Não à toa, a grife desenvolveu o complexo para abrigar os ateliês que trabalham para a haute couture. O 19M comporta mais de 600 artesãos de diferentes áreas. Alinhado com os valores da Chanel, o espaço foi pensado para que os profissionais se sintam acolhidos, confortáveis e respeitados.

Quer saber o significado do nome? Em discurso, Bruno Pavlovsky, presidente de moda da Chanel, explicou: “M é de Métiers d’Art, M de moda, M de mão, e M de maison e manufatura, mostrando a nossa união absoluta com os artesãos. E 19 porque estamos no 19º arrondissement e porque é o dia em que Gabrielle Chanel nasceu”, detalhou o executivo.

19M da Chanel
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Edifício 19M, da Chanel, em Paris
Chanel/Divulgação

Os ateliês e o artesanato

O 19M reúne 10 das casas especializadas da divisão Paraffection, criada em 1997 pela Chanel para compilar todas as suas marcas de Métiers d´Art. Atualmente, engloba cerca de 25 empresas diferentes e seus arquivos históricos. 

No local, estão funcionando as casas de bordado Lesage, o ateliê Montex e MTX, o seu departamento de decoração, Lemarié (flores e plumas), Massaro (sapateiro), Maison Michel (chapelaria), Lognon (pregas) e Goossens (ourives).

Não é um lugar qualquer. Todos os ambientes do 19M são muito especiais. É um lugar único no mundo. Todo o prédio é destinado a enaltecer o artesanato, que é o trabalho mais importante da moda, pois nenhuma máquina pode substituir as técnicas manuais. 

O objetivo do 19M é preservar e desenvolver o savoir-faire dos artesãos e de suas obras. Afinal, trata-se de um segmento que deve ser passado por muitas gerações da história da Chanel e das marcas parceiras. Um verdadeiro e indispensável legado.

Bordado Lesage
Paul Lehr/Lesage/Chanel/Divulgação
Plumas Lemarié
Paul Lehr/Lemarié/Chanel/Divulgação
Bordado Lesage
Paul Lehr/Lesage/Chanel/Divulgação
Flores Lemarié
Paul Lehr/Lemarié/Chanel/Divulgação

 

Vale destacar que, na moda sustentável, o 19M tem muito valor. Não somente pelo foco no artesanato e em relação à área de recursos humanos e da valorização dos funcionários, mas também como um prédio novo que foi desenvolvido para cumprir critérios ecológicos, como o uso de menos energia. O design foi idealizado para que entre luz natural em todos os andares. Também há um jardim interior.

O projeto do 19M é do arquiteto francês Rudy Ricciotti; fato que logo me fez lembrar do Mucem (Museu da Civilização da Europa e do Mediterrâneo), que fica em Marseille e também foi projetado por ele. O jogo de sombras das estruturas, que são similares, deixa tudo mágico.

Situado no bairro Porte d’Aubervilliers, o edifício 19M tem 25 mil metros quadrados, planejados sob medida. Com 24 metros de altura, divididos em um complexo de cinco andares, a estrutura externa é feita com cimento e tecidos entrelaçados.

Miniatura 19M
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
19M, da Chanel, em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
19M
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Como conhecer o 19M pessoalmente

A entrada no prédio é extremamente limitada e exclusiva. Por isso, conhecer o 19M é uma oportunidade imperdível. E você pode ter a chance de visitar o edifício icônico e rebuscado, em Paris, comigo! Basta se inscrever na próxima edição presencial do meu programa Paris Style Week.

A programação, que acontecerá de 14 a 18 de março de 2022, incluirá diversas experiências de moda, em meio ao glamour parisiense. Entre em contato pelo e-mail valer[email protected] para ter os detalhes da inscrição.

Categorias
Paris Style Week

Paris Style Week: curso de moda com inscrições abertas para 2022

Lá vamos nós, com energia total! Teremos o aguardado comeback, para arrasar na capital francesa! Em 2022, o Paris Style Week presencial voltará com tudo.

O programa foi criado como um curso de moda e estilo, com cinco dias de experiências exclusivas no glamour parisiense. Desde 2014, já recebi mais de 20 grupos. Trata-se de uma oportunidade incrível para as brasileiras que amam a moda. E tudo em português!

Desde o início, as atividades incluem masterclasses; workshops; visitas guiadas e comentadas a museus; idas a lojas de luxo e ateliês; além de contato com novos designers e personalidades do mundo fashion. Imperdível para quem quer descobrir o que há de melhor na moda francesa!

Para a próxima edição, que acontecerá fisicamente de 14 a 18 de março de 2022, preparei um cronograma sensacional. Venha a Paris e volte inspirada ao Brasil! Além de aprender sobre história da moda, estilo e luxo, viva o lifestyle francês!

Hotel Plaza Athénée
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

DIA 1 – segunda-feira
Paris Style Week

A abertura do Paris Style Week acontece no hotel de luxo Plaza Athénée, que é considerado o hotel das fashionistas. Localizado na Avenue Montaigne, o hotel fica imerso no glamour parisiense. No local, será o nosso primeiro contato. O grupo é recebido com um café da manhã especial, com comidas típicas francesas. Apresentarei detalhadamente tudo que faremos ao longo da semana.

Logo depois, teremos a masterclass Luxo e Sustentabilidade, que é o tema do momento. Explicarei como as marcas de luxo se posicionam em relação à moda ecologicamente responsável. Esse será o seu ponto de partida para iniciar a semana com mais bagagem de moda, e fazer cada minuto valer a pena.

Já no primeiro dia de Paris Style Week, você também terá a chance de tirar a clássica foto na Torre Eiffel. Isso antes de seguir para o próximo destino: o edifício 19 M, que é a recém-inaugurada sede do Métiers d’Art da Chanel. Um lugar magnífico e de muito prestígio, com acesso limitado! Por lá, a marca concentra todo o legado de artesanato e técnicas de trabalho manual para as coleções, principalmente as de alta-costura. Nós teremos acesso exclusivo a um dos ateliês da maison. 

Para fechar o dia com chave de ouro, iremos à Galeries Lafayette, clássica loja francesa de departamentos, que abriga milhares de marcas. Entre elas, Armani, Dior, Balenciaga, Burberry, Bulgari e Celine, entre outras.O espaço passou por uma recente renovação e está de cara nova. Nossa visita será acompanhada pela diretora de comunicação da label – o que deixará a experiência mais personalizada. Com direito a compras únicas e belas fotos no rooftop do local, você terá um momento de pura diversão, sofisticação e magia.

Hotel Plaza Athénée
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 2 – terça-feira

O segundo dia  de Paris Style Week é concentrado no famoso Palais Royal, um ponto tradicional no 1º arrondissement Paris, com direito a jardins pacatos e galeria comercial, cheia de lojas. No pátio interno, está a obra Les Deux Plateaux, mais conhecida como Colonnes de Buren. Desenvolvida pelo artista francês Daniel Buren, a instalação de arte é perfeita para cliques instagramáveis.

No mesmo bairro, passaremos pela charmosa Galerie Vivienne e pela serena Place des Victoires. Apesar de estar no centro turístico da cidade, o local é pouco conhecido. Calmo, charmoso e repleto de história, o bairro do Palais Royal – tipicamente francês – concentra comércios que vendem roupas, acessórios e perfumaria, além de utensílios inusitados, como echarpes e cachimbos dignos de colecionadores, por exemplo.

Em seguida, preparei uma oportunidade exclusiva. Visitaremos um grand couturier, ou seja, um grande costureiro, que está no grupo seleto de membros permanentes da alta-costura, parte da Federação Francesa de Alta-Costura e da Moda. Com cerca de 30 anos de expertise, ele vai nos mostrar, por meio de criações próprias, na prática, o que é a alta-costura. Vale destacar que se trata do segmento mais rebuscado e artesanal da moda!

Que tal conferir de perto uma exposição icônica? No Musée des Arts Décoratifs (Museu das Artes Decorativas), veremos uma exibição temporária que homenageia Thierry Mugler, um dos designers mais ousados de todos os tempos. A mostra, que está em cartaz pela primeira vez em Paris, consiste em uma retrospectiva inédita do trabalho do estilista. As peças expostas são de 1973 a 2014, com foco nos anos 1990. 

Parte da exposição Thierry Mugler - Couturissime
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 3 – quarta-feira

O glamour e o aprendizado de moda continuam! No terceiro dia, o foco será o sublime Museu Yves Saint Laurent. Com uma visita guiada particular, o grupo do Paris Style Week terá a chance de entrar no ambiente antes da abertura oficial para o público. O local comporta exposições temporárias.

Fundado no fim de 2017, o museu fica onde era o ateliê do estilista Yves Saint Laurent, um dos mais renomados do mundo. Na 5 Avenue Marceau, o designer passou quase trinta anos desenhando coleções, de 1974 a 2002. 

Próxima parada: Avenue Montaigne, parte do famoso Triângulo de Ouro, juntamente com a Avenue Georges V e a Avenue Champs Elysées. Entre os endereços de Paris, essas avenidas representam o que há de mais refinado e seletivo.

No local, estão lojas de grifes que constituem o esplendor da moda francesa. Vamos entrar em butiques de marcas renomadas, como Givenchy, Louis Vuitton e Chloé. Sabe aquele momento para tornar sonho em realidade? Prepare-se para viver, de verdade, o luxo francês!

Vestidos Mondrian no Museu Yves Saint Laurent, em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


DIA 4 – quinta-feira 

E tem mais programação! Começamos na Place Vendôme, com a apresentação de uma prestigiosa joalheria francesa. Logo depois, iremos para a Rive Gauche, área do lado esquerdo do rio Sena. A região é tradicional e queridinha das francesas. Se você tem vontade de vivenciar o cotidiano parisiense, este é o point!

Um ótimo lugar para ver a rotina real dos nativos. Trata-se da conhecida localização do Café de Flore, uma das atrações mais marcantes de Paris, situado no bairro literário e intelectual de Saint-Germain-des-Prés.

Em um passeio repleto de informação de moda, vamos conferir tendências de marcas consagradas. Entre elas, está a elegante Saint Laurent. A primeira boutique Rive Gauche de YSL, fundada em 1966 no local, foi inaugurada para comercializar a linha prêt-à-porter do estilista e fundador da label. 

Outro destino será um espaço físico da marca Zadig & Voltaire, com DNA boêmio e requintado. Especializada sobretudo em perfumes, a Carven também estará no cronograma. Para complementar, não poderiam faltar marcas estrangeiras e modernas, que são amadas pelas francesas. Pararemos em lojas das etiquetas britânicas The Kooples e Paul Smith.

Café de Flore, em Paris, parte do Paris Style Week
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Valeria Doustaly em Paris
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

DIA 5 – sexta-feira
Paris Style Week

Já pensou em passar um dia em Le Marais? Chegou a hora, com o Paris Style Week! Começamos o dia na Fundação Azzedine Alaïa, com sede onde era o ateliê e a casa do estilista. O local funciona como um museu que sempre tem novas exposições temporárias.

Localizado no 4º arrondissement de Paris, o bairro é famoso pelas lojas vintage. Verdadeiros tesouros fashion podem ser encontrados por lá! Você verá os brechós mais admirados e frequentados pelas francesas. Além disso, quer ter contato com marcas conceituais? É para já! Vamos passar também por várias concept stores.

A moda também se reflete no ramo da beleza. Por isso, maquiagem e cosméticos não ficam de fora. No último dia de programa, teremos uma experiência incrível com uma marca extremamente renomada no segmento de beauté. Preparada para as descobertas sobre as últimas tendências de makeup? Venha comigo!

No último dia, além de uma surpresa preparada por mim, as participantes receberão o certificado de conclusão do curso. Teremos uma semana fascinante, com muito conteúdo e experiências de moda. Embarque nesta aventura fashion! À bientôt!

Valeria Doustaly em Le Marais
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Fundação Azzedine Alaïa
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Não deixe de conferir depoimentos de participantes de edições anteriores. No Instagram @parisstyleweek, há um destaque com relatos maravilhosos! Na rede social, sempre compartilho registros de momentos memoráveis do programa.

Para obter mais informações e se inscrever no Paris Style Week de março de 2022, envie um e-mail para [email protected]. Você receberá os detalhes da inscrição.

Valeria Doustaly, criadora do Paris Style Week
Valeria Doustaly, idealizadora do Paris Style Week Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

 

Categorias
Paris Style Week

Curso de moda e estilo: conheça o Paris Style Week

Cinco dias para conhecer de perto a moda francesa com Valeria Doustaly. Foi com esse propósito que nasceu, em 2014, o programa Paris Style Week, um curso de história da moda e estilo. Desde então, recebo fashionistas que querem ter experiências exclusivas com o glamour parisiense. Já vieram mais de 20 grupos, com uma média de 10 pessoas em cada.

É uma oportunidade única para explorar a cidade mais charmosa e elegante do mundo. As atividades incluem aulas sobre história da moda; workshops; exposições comentadas; visitas a lojas de luxo e ateliês, além de entrevistas com novos designers e personalidades do mundo fashion.

Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

O curso de moda

Quem ama a moda e viaja a Paris, sem dúvidas, está em busca de vivências marcantes e transformadoras. Um curso organizado por mim, que conheço bem a cidade, pode deixar o momento mais singular e até estratégico. Essa é a principal intenção do Paris Style Week.

O meu programa surgiu como um curso de moda e estilo, realizado presencialmente. Apesar de ser realizado na França, não é preciso falar francês para participar. O conteúdo é ministrado em português.

A iniciativa tem o objetivo de ampliar, além da teoria, o panorama de conhecimento sobre o mundo fashion e o mercado de luxo. O diferencial está principalmente nas aulas com conteúdo de história da moda e análises críticas. Além disso, proporciono acesso aos bastidores da moda.

Como eu moro em Paris há mais de 10 anos, estou em contato direto com as marcas. Faço uma curadoria constante. Por isso, o cronograma sempre traz novidades. A ordem de visitas é estabelecida por bairros, para o melhor aproveitamento do tempo.

Logo no começo, o Paris Style Week chamou a atenção da imprensa internacional. O curso saiu em reportagens de veículos renomados de moda, como o portal Fashion Network e a revista Grazia. No Brasil, o portal Metrópoles também preparou uma matéria sobre a iniciativa.


Quem participa

As participantes são de diversos setores. Consultoras de imagem e estudantes de moda adoram o curso. Já as lojistas, por exemplo, vêm vivenciar como se trabalha em vendas e atendimento na capital francesa. A chance de ver tendências de mercado na capital do luxo também faz muita diferença. 

Ao longo dos anos, participaram também pessoas que comandam marcas. Por aqui, elas veem em primeira mão as tendências das grifes locais e também o street style. 

Muitas blogueiras e criadoras de conteúdo também vêm fazer o curso comigo. As influenciadoras digitais sabem que, ao participar do curso, vão fazer posts totalmente diferentes. Não vão ficar no óbvio. 

O Paris Style Week foi criado para quem ama moda. Não pode faltar o interesse sobre marcas francesas, é claro. É preciso vir com a expectativa de entender a elegância francesa, de se aprofundar no made in France.

Participantes do Paris Style Week em loja da Schiaparelli, em Paris, durante curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week


Como é o curso

O curso de cinco dias inclui aulas e workshops sobre a moda francesa. Ações de beleza e voltadas para acessórios também estão inclusas. A cada ano, eu tenho feito um programa diferente. O conteúdo nunca é igual. É interessante destacar que algumas pessoas vieram em diferentes anos participar do Paris Style Week. 

O programa mescla lugares famosos com outros completamente surpreendentes. A semana sempre começa no hotel de luxo Plaza Athénée, que é considerado o hotel das fashionistas. Fica na Avenue Montaigne. O grupo é recebido com um café da manhã, em que eu apresento tudo que vamos fazer durante a semana.

A semana sempre tem momentos de diversão e pausas para fotos. Pontos turísticos, como Place Vendôme e Torre Eiffel, não poderiam faltar no roteiro. Piquenique à beira do rio Sena e pausa para compras na Champs-Élysées são outros exemplos de points. 

Paris Style Week na Champs-Élysées
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week
Piquenique no rio Sena
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Idas a lojas de luxo fazem parte do calendário. Que tal conhecer espaços físicos de marcas icônicas, como Dior, Louis Vuitton, Bulgari, Chanel, Hermès e Saint Laurent? Também temos momentos imperdíveis na parte VIP da Galeries Lafayette, onde trabalham os personal shoppers. É um local fechado, que temos acesso exclusivo. 

Encontros com estilistas emergentes e entrevistas com autores de livros fazem parte da lista de experiências. Visitas a ateliês também incrementam o tour. Nada como visitar o local onde é feito o famoso tweed da Chanel, por exemplo. Ou verificar onde e como são preparadas as flores da alta-costura.

Os museus representam uma parte muito importante do curso. Um dos que fazem mais sucesso é o Museu Yves Saint Laurent. O mais interessante é que fica onde era o ateliê do estilista. 

Entre as opções, também estão o Palais Galliera, o Museu da Moda de Paris; assim como o Museu das Artes Decorativas, que envolve mobiliário, decoração e artes têxteis em geral; e o Grand Palais, que costuma receber exposições fantásticas sobre fotografia de moda. Para completar, museus destinados ao trabalho de estilistas incríveis, como Azzedine Alaïa e Pierre Cardin.

Participantes do Paris Style Week em museu como parte de curso de moda
Valeria Doustaly | Blog Paris Style Week

Edições especiais

Vale ressaltar que o Paris Style Week também funciona sob demandas específicas. Preparo semanas para grupos fechados e organizo turmas com temas especiais. Quer fechar uma turma com apenas amigos(as) e/ou familiares? Também é possível!

Já houve uma edição apenas com bordadeiras, em abril de 2019, por exemplo. Outra edição especial, em fevereiro de 2020, foi para um grupo de joalheiras. Nessas ocasiões, o programa é totalmente adaptado para englobar experiências e visitas segmentadas.

Há ainda a opção de participar do Paris Style Day. Trata-se de uma versão sob medida, com experiências seletas. Faço uma agenda ajustada e a pessoa ou o grupo passa o dia comigo. 

Pós-pandemia

É fato que a pandemia de Covid-19 impactou o mundo todo. No Paris Style Week, não foi diferente. Com a impossibilidade de viajar, criei uma alternativa digital. Passei a oferecer os cursos on-line “10 estilistas da moda que você deve conhecer” e “20 peças ícones da moda que você deve conhecer”, disponíveis em português, inglês e espanhol.

A expectativa é de que o curso presencial do Paris Style Week volte a funcionar presencialmente em 2022. Estou apenas esperando que o tráfego aéreo fique totalmente liberado e as restrições para brasileiros acabem. Logo mais, estaremos juntos na França!

Preparativos para a viagem

A viagem começa antes de chegar a Paris. O que recomendo para 2022, se você quer participar do Paris Style Week ao vivo, vale começar pelo Paris Style Week on-line. Dessa forma, você me conhecerá e terá uma base para entender o conteúdo. Venha inspirada e volte feliz, repleta de referências ao Brasil!